Mestrado em Psicologia Clínica e da Saúde

DURAÇÃO

2 anos

ECTS

120

VAGAS

30

REGIME

Pós-Laboral

CURSO

Mestrado

IDIOMAS

PT/EN

O 2º ciclo de estudos em Psicologia Clínica e da Saúde pretende contribuir para o desenvolvimento profissional dos Psicólogos, de acordo com as diretrizes internacionais da EuroPsy, Certificação Europeia em Psicologia, e da Ordem dos Psicólogos Portugueses, com vista à normalização da formação e da entrada no mercado de trabalho, tanto a nível nacional quanto europeu.

O ciclo de estudos conducente ao grau de mestre em Psicologia Clínica e da Saúde compreende 120 ECTS e uma duração de 2 anos divididos por 4 semestres, correspondendo 60 ECTS a cada ano e 30 ECTS a cada semestre. Nos termos do plano de estudos definido, o 2º ciclo de estudos em Psicologia Clínica e da Saúde integra:

  1. um conjunto organizado de doze unidades curriculares, distribuídas pelas diferentes áreas científicas, a que corresponde 60 ECTS, distribuídos equitativamente pelos 1º e 2º semestres;
  2. Uma dissertação de natureza científica que corresponde a um total de 30 ECTS, que será desenvolvido nos 3º e 4º semestres;
  3. Um estágio a que corresponde uma totalidade de 30 ECTS, que terá lugar nos 3º e 4º semestres.

Publicação em Diário da República, 2ª série - N.º 153 - 11 agosto 2014 - Anúncio n.º 208/2014

O Mestrado em Psicologia pretende garantir: a continuidade de formação aos licenciados em Psicologia; o cumprimento das diretrizes emanadas do espaço europeu; competências que habilitem para a prática profissional e favorecer a mobilidade dos Psicólogos em espaço europeu. No sentido de promover as competências necessárias ao desenvolvimento de respostas eficazes perante as solicitações do mercado de trabalho, este ciclo de estudos oferece uma formação que alia a transmissão de conhecimentos científicos sólidos a situações práticas e reais dos contextos de trabalho.

O Mestrado em Psicologia Clínica e da Saúde permite a prática profissional, nomeadamente em:
  • Agrupamentos de escolas;
  • Associações científicas;
  • Associações recreativas, culturais e sociais;
  • Câmaras municipais;
  • Centros reabilitação;
  • Comissões de Protecção de Crianças e Jovens;
  • IPSS;
  • Gabinetes de apoio psicoterapêutico;
  • Hospitais, clínicas e centros de saúde;
  • Projetos de intervenção comunitária.

Algumas Saídas Profissionais

Psicólogo de Emergência

Psicóloga Clínica da Saúde no IPO

Psicólogo Clínico

São objetivos de aprendizagem do Mestrado em Psicologia Clínica e da Saúde, o estudante ser capaz de:

  • Planear e construir um projeto de investigação, selecionando de acordo com os objetivos de estudo a metodologia de recolha e análise de dados, quantitativa e/ou qualitativa, mais ajustada e aplicando procedimentos de análise de dados, nomeadamente testes estatísticos ou análise de conteúdo, em função das características dos dados;
  • Avaliar as propriedades psicométricos dos instrumentos de avaliação psicológica;
  • Realizar um processo de validação de um instrumento psicométrico;
  • Aprofundar os principais contrutos teóricos inerentes aos modelos cognitivo-comportamentais, humanistas, psicodinâmicos e sistémicos, bem como conhecer diferentes qualidades, atitudes e estratégias de intervenção usadas pelos terapeutas destas diferentes orientações teóricas;
  • Saber aplicar os princípios teóricos inerentes a cada modelo na análise de casos e no planeamento de objetivos e estratégias de intervenção;
  • Desenvolver um raciocínio ético adequado, fazendo uso do código deontológico do Psicólogo;
  • Dominar os procedimentos de avaliação psicológica e as competências de entrevista de avaliação em diferentes quadros de perturbação psicopatológica e diferentes quadros de saúde, tendo em consideração a sua especificidade de utilização com crianças, adultos e em contextos geriátricos;
  • Elaborar relatórios psicológicos;
  • Planear intervenções psicológicas no âmbito da saúde, stress e coping, no âmbito da doença e da dor e no âmbito da promoção do bem-estar e da qualidade de vida;
  • Avaliar eficácia e eficiência das intervenções.

O presente diploma confere a habilitação no Mestrado em Psicologia Clínica e da Saúde (120 ECTS) ou, com a conclusão do 1º ano, Especialização em Psicologia Clínica e da Saúde (60 ECTS).

O Mestrado está organizado em 2 semestres que corresponde à estrutura curricular, mais 1 ano dedicada à preparação, realização e apresentação da defesa de uma dissertação e estágio supervisionado.
O curso equivale a 60 ECTS à parte curricular e 60 ECTS à preparação, realização e apresentação da dissertação e estágio supervisionado, o que perfaz um total de 120 créditos ECTS nas seguintes áreas científicas:

O Mestrado está organizado em 2 semestres que corresponde à estrutura curricular, mais 1 ano dedicada à preparação, realização e apresentação da defesa de uma dissertação e estágio supervisionado.
O curso equivale a 60 ECTS à parte curricular e 60 ECTS à preparação, realização e apresentação da dissertação e estágio supervisionado, o que perfaz um total de 120 créditos ECTS nas seguintes áreas científicas:

Área Científica ECTS Obrigatórios ECTS Opcionais
CSC
Ciências Sociais e do Comportamento
17
P
Psicologia
103

O Mestrado em Psicologia Clínica e da Saúde ancora o seu trabalho científico e pedagógico nas linhas de investigação desenvolvidas pelos diferentes docentes e investigadores, e integradas no INPP/ Instituto de Desenvolvimento Humano Portucalense. O INPP inclui dois laboratórios, o Cognitive Development Lab (CDL) e o Therapeutic Innovation Lab (TIL).

Este ciclo de estudos enquadra-se particularmente no TIL, que suporta os trabalhos de desenvolvimento de novos instrumentos para avaliar novas realidades e para desenvolver novas intervenções. Este laboratório apresenta duas estruturas de suporte: o Centro Clínico e o Gabinete de Apoio ao Aluno. Ambas as estruturas partilham um objetivo comum: promoção da saúde e bem-estar, relativamente à comunidade interna ou externa (i.e., comunidade) à UPT.

As linhas de investigação desenvolvidas representam um contributo para a análise crítica e a compreensão de qualquer matéria situada na respetiva área de especialização, e não uma mera descrição de factos ou instituições.

Projetos em curso

Uma descrição detalhada dos projetos realizados ou em curso encontra-se na página de coordenação do mestrado em psicologia (via moodle) e na página online do INPP.

A título de exemplo, poderão referir-se:

  1. Reverting mild cognitive impairment using transcranial direct current stimulation (tDCS) as add-on for Cognitive Training (CT) - POCI-01-0145-FEDER-030280;
  2. Changing the course of social anxiety in adolescence: What works, why, and for whom - C492522605-00087032;
  3. Gestão do comportamento agressivo em escolas: Efeitos diferenciais da intervenção com alunos e com professores (financiamento EPIS);
  4. O Eu e o Nós das Emoções: Um Programa de Promoção de Competências Sócio-emocionais para Crianças em Contexto Escolar (financiamento Gulbenkian).

COORDENAÇÃO

CONTACTOS

Joana Silva

joanas@upt.pt

DPE/ Departamento de Psicologia e Educação

Mestrado em Psicologia Clínica e da Saúde

Gabinete de Ingresso

Atendimento online: ingresso@upt.pt

(+351) 800 270 201

Candidaturas*

176,00 €

Matrícula (ato único por curso)

326,00 €

Seguro Escolar

32,00 €

Inscrição

setembro

Valor isento no ano da matrícula**

fevereiro

187,00 €

*Isenta para antigos alunos (com curso que confere grau concluído na UPT)
**Isenção será aplicada em Fevereiro caso o aluno apenas se inscreva no 2º semestre, no ano da matrícula

Dentro do Prazo

Fora do Prazo

Candidaturas

Isento

-

Matrícula (ato único por curso)

326,00€

-

Inscrição

setembro

Isento**

-

fevereiro

187,00€

196,00€

**Isenção será aplicada em fevereiro caso o aluno apenas se inscreva no 2º semestre, no ano da matrícula

Propina de Frequência (p/ 60 ECTS)

11 Prestações (setembro a julho)

Mensal

368,20 €

Desconto de 3% setembro

Único

3.928,50 €

Propina de Frequência (p/ 30 ECTS)

5 Prestações (setembro a janeiro ou fevereiro a junho)

Mensal

405,00 €

Desconto de 2% setembro ou fevereiro

Semestral

1.984,50 €

Valor por ECTS

13,50 €

Propina mínima obrigatória (10 ECTS)

Mensal

135,00 €

Dentro do Prazo

Fora do Prazo

Ato único (1 prestação)

julho a setembro

326,00 €

343,00 €

Ato único (2 prestações)

setembro

187,00 €

196,00 €

fevereiro

187,00 €

196,00 €

Propina de Frequência

50% dos preçários da parte curricular

***E anos seguintes, no caso de não conclusão do curso em 2 anos.

Candidatura

176,00 €

Cursos em Português

Matrícula

326,00 €

Inscrição

187,00 €

Propina Anual

3.928,50 €

Cursos em Inglês

Propina Anual

5.200,00 €

Candidaturas*

176,00 €

Matrícula (ato único por curso)

326,00 €

Seguro Escolar

32,00 €

Inscrição

setembro

Valor isento no ano da matrícula**

fevereiro

187,00 €

*Isenta para antigos alunos (com curso que confere grau concluído na UPT)
**Isenção será aplicada em Fevereiro caso o aluno apenas se inscreva no 2º semestre, no ano da matrícula

Dentro do Prazo

Fora do Prazo

Candidaturas

Isento

-

Matrícula (ato único por curso)

326,00€

-

Inscrição

setembro

Isento**

-

fevereiro

187,00€

196,00€

**Isenção será aplicada em fevereiro caso o aluno apenas se inscreva no 2º semestre, no ano da matrícula

Propina de Frequência (p/ 60 ECTS)

11 Prestações (setembro a julho)

Mensal

368,20 €

Desconto de 3% setembro

Único

3.928,50 €

Propina de Frequência (p/ 30 ECTS)

5 Prestações (setembro a janeiro ou fevereiro a junho)

Mensal

405,00 €

Desconto de 2% setembro ou fevereiro

Semestral

1.984,50 €

Valor por ECTS

13,50 €

Propina mínima obrigatória (10 ECTS)

Mensal

135,00 €

Dentro do Prazo

Fora do Prazo

Ato único (1 prestação)

julho a setembro

326,00 €

343,00 €

Ato único (2 prestações)

setembro

187,00 €

196,00 €

fevereiro

187,00 €

196,00 €

Propina de Frequência

50% dos preçários da parte curricular

***E anos seguintes, no caso de não conclusão do curso em 2 anos.

Candidatura

176,00 €

Cursos em Português

Matrícula

326,00 €

Inscrição

187,00 €

Propina Anual

3.928,50 €

Cursos em Inglês

Propina Anual

5.200,00 €

  • Podem candidatar-se ao 2º Ciclo de Estudos em Psicologia:
    • Os titulares de grau de licenciado em psicologia ou equivalente legal;
    • Os titulares de um grau académico superior estrangeiro conferido na sequência de um 1.º ciclo de estudos em psicologia organizado de acordo com os princípios do Processo de Bolonha por um Estado aderente a este Processo;
    • Os titulares de um grau académico superior estrangeiro em psicologia que seja reconhecido como satisfazendo os objetivos do grau de licenciado pelo Conselho Científico da Universidade.
  • O reconhecimento a que se referem as alíneas c) do n.º 1 tem como efeito apenas o acesso ao ciclo de estudos conducente ao grau de mestre e não confere ao seu titular a equivalência ao grau de licenciado ou o reconhecimento desse grau.
  • As condições estabelecidas na alínea a) visam o cumprimento das diretrizes internacionais da EuroPsy, Certificação Europeia em Psicologia, e da Ordem dos Psicólogos Portugueses, com vista à normalização da formação e da entrada no mercado de trabalho, tanto a nível nacional quanto europeu. O 2º ciclo de estudos em Psicologia Clínica e da Saúde pretende contribuir para o desenvolvimento profissional dos Psicólogos, sendo definido pela Lei Nº 57/2008, de 4 de setembro, da Ordem do Psicólogos que apenas mestres em Psicologia que tenham realizado estudos superiores de 1º e 2º ciclo em Psicologia poderão inscrever-se na Ordem. A atribuição do título profissional, uso e exercício da profissão de psicólogo, em qualquer sector de atividade, dependem da inscrição na Ordem como membro efetivo.

Os candidatos ao acesso ao 2º ciclo de estudos em Psicologia Clínica e da Saúde são seriados com base na valorização de mérito resultante da média ponderada, conforme Anexo I, das Normas Regulamentares.

1ª Fase Início Fim
Candidaturas à 1ª fase
4 abril
20 maio
Afixação dos resultados
27 maio
Reclamações
27 maio
30 maio
2ª Fase Início Fim
Candidaturas à 2ª fase
30 maio
22 julho
Afixação dos resultados
29 julho
Reclamações
29 julho
2 agosto
Matriculas e Inscrições para a 1ª e 2ª fase
2 de agosto
16 agosto
3ª Fase Início Fim
Candidaturas à 3ª fase
2 agosto
29 setembro
Afixação dos resultados
6 outubro
Reclamações
6 outubro
7 outubro
Matriculas e Inscrições
7 outubro
14 outubro

NOTA: De acordo com as deliberações do CC poderá a Universidade Portucalense abrir outras fases de candidatura para o Ingresso nos cursos de 2º ciclo.

2º CICLO DE ESTUDOS
  • Os titulares de grau de licenciado ou equivalente legal;
  • Os titulares de um grau académico estrangeiro conferido na sequência de um 1º ciclo de estudos organizado de acordo com os princípios do processo de Bolonha por um Estado aderente a esse processo;
  • Os titulares de um grau académico superior estrangeiro que seja reconhecido como satisfazendo os objetivos do grau de licenciado pelo Conselho Científico da Universidade Portucalense;
  • Os detentores de currículo escolar, científico ou profissional, que seja reconhecido pelo Conselho Científico da Universidade Portucalense, como atestando capacidade para realizar este ciclo de estudos.
Atendendo ao seu percurso académico e profissional, os candidatos podem apresentar um pedido de Requerimento de Reconhecimento e Creditação de Competências, que poderá conferir equivalências a unidades curriculares do curso de Mestrado. Os detentores do grau de licenciado Pré-Bolonha que possuam mais de 5 anos de experiência profissional na área do mestrado, podem solicitar a substituição da dissertação por um relatório detalhado sobre a atividade profissional segundo o regulamento em vigor.

  • documento de identificação
  • fotografia, tipo passe
  • documentos que comprovem as habilitações académicas (fotocópias autenticadas)
  • CV atualizado

  • Modelo Próprio, Reconhecimento de que o grau académico satisfaz os objetivos do grau de licenciado, para efeitos de candidatura a um curso de mestrado, solicitando reconhecimento prévio pelo Conselho Científico da habilitação de acesso
  • Documento de Identificação
  • Fotografia, tipo passe
  • Documento comprovativo de titularidade do grau académico superior estrangeiro com indicação da nota final (*)
  • Certidão discriminada das unidades curriculares que constituem o plano curricular do grau académico (*)
  • CV atualizado

(*) Os documentos devem ser traduzidos para português, sempre que não forem emitidos em português, inglês, francês ou espanhol e visados pelo serviço consular ou apresentados com a aposição da Apostila de Haia pela autoridade competente do Estado de onde é originário o documento.

De acordo com a nova Portaria nº 181-D/2015 de 19 de junho, a mudança de curso e transferência foi substituída por um único regime denominado “mudança de par instituição/curso”.

Não é permitida a mudança de par instituição/curso no ano letivo em que o estudante tenha sido colocado em par instituição/curso de ensino superior ao abrigo de qualquer regime de acesso e ingresso e se tenha matriculado e inscrito.

A mudança de par instituição/curso e o reingresso são requeridos à Direção dos Serviços Académicos, em modelo próprio.

  • Formulário de candidatura, devidamente preenchido;
  • Documento de Identificação;
  • Fotografia, tipo passe;
  • Original ou cópia autenticada do documento comprovativo da matrícula no estabelecimento de ensino de origem (com exceção dos candidatos da UPT) (*);
Se desejar solicitar equivalências: (*) Estes documentos devem ser autenticados de acordo com legislação em vigor (Decreto-lei 28 de 13/03/2000).

Para informações sobre o processo de candidatura por favor consulte os regulamentos relevantes abaixo ou contacte diretamente com o nosso Gabinete de Ingresso. Para informações de caráter pedagógico/científico consultar os coordenadores de curso

Voltar ao topo