Mestrado em Ciências da Educação – Área de Especialização em Educação e Intervenção Sociocomunitária

DURAÇÃO

2 anos

ECTS

120

VAGAS

30

REGIME

Pós-Laboral

CURSO

Mestrado

IDIOMAS

PT

O curso de Mestrado em Ciências da Educação está estruturado em 4 semestres num total de 120 ECTS.

O 1.º ano comporta 7 unidades curriculares obrigatórias e uma unidade curricular optativa, distribuídas de forma equitativa nos 2 semestres.

O 2.º ano integra a realização de uma Dissertação ou de um Projeto ou a realização de um Estágio de natureza profissionalizante, com elaboração de um Relatório Final, sujeito a apresentação e defesa pública perante um Júri.

 

Publicação em Diário da República, 2ª série - N.º 184 - 24 setembro 2018 - Anúncio n.º 160/2018

O Mestrado em Ciências da Educação – especialidade de Educação e Intervenção Sociocomunitária permite:

  • Obter uma formação especializada e valorizada na área das Ciências da Educação;
  • Dar continuidade à formação adquirida no 1.o ciclo de estudos em Educação Social;
  • Complementar a formação adquirida no 1.o ciclo de estudos em Ciências da Educação ou em outra área das Ciências Sociais e Humanas;
  • Desenvolver competências metodológicas de pesquisa que permitam a integração em projetos de investigação e intervenção na área educacional e sociocomunitária;
  • Plano em espaços de reflexão e análise da atividade profissional de educadores e formadores que potenciam a permuta interdisciplinar;
  • Obter um diploma de especialização após conclusão do 1.o ano do curso.
 

O Mestrado em Ciências da Educação figura como uma formação especializada e complementar para distintos profissionais:

  • Técnicos de Educação;
  • Técnicos Superiores de Educação Social;
  • Educadores de Infância;
  • Docentes do Ensino Básico e Secundário;
  • Sociólogos;

Psicólogos, Assistentes Sociais:

  • Formadores de qualquer área ou outros profissionais que se pretendam especializar na área educacional.

  1. Aprofundar as orientações concetuais e o questionamento crítico das Ciências da Educação
  2. Fundamentar a análise das situações educativas, reportando-as às dimensões macroestruturais de natureza sociocultural, política e económica;
  3. Aprofundar os fundamentos teorético-práticos que norteiam diferentes modelos de formação e intervenção socioeducativa;
  4. Desenvolver e aplicar metodologias de investigação no âmbito de projetos de cariz educacional
  5. Planificar, gerir e avaliar projetos de formação e intervenção socioeducativa
  6. Participar na gestão de projetos de intervenção sociocomunitária, com vista à qualificação pedagógica de espaços públicos e ao reconhecimento social dos direitos cívicos;
  7. Colaborar na organização de redes de atores sociais, visando a promoção de políticas educativas e de desenvolvimento comunitário.

O presente diploma confere a habilitação no Mestrado em Ciências de Educação: Área de Especialização em Educação e Intervenção Sociocomunitária (120 ECTS) ou, com a conclusão do 1º ano, Especialização em Ciências de Educação: Área de Especialização em Educação e Intervenção Sociocomunitária (60 ECTS).

Nota: Os detentores do grau de licenciado Pré-Bolonha, que possuam mais de 5 anos de experiência profissional na área do mestrado, podem solicitar a substituição da dissertação por um relatório detalhado sobre a atividade profissional segundo o Regulamento em vigor.

O Mestrado está organizado em 2 semestres que corresponde à estrutura curricular, mais 1 ano dedicada à preparação, realização e apresentação da defesa de uma dissertação, ou relatório de estágio ou trabalho de projeto.
O curso equivale a 60 ECTS à parte curricular e 60 ECTS à preparação, realização e apresentação da dissertação, ou relatório de estágio ou trabalho de projeto, o que perfaz um total de 120 créditos ECTS nas seguintes áreas científicas:

O Mestrado está organizado em 2 semestres que corresponde à estrutura curricular, mais 1 ano dedicada à preparação, realização e apresentação da defesa de uma dissertação, ou relatório de estágio ou trabalho de projeto.
O curso equivale a 60 ECTS à parte curricular e 60 ECTS à preparação, realização e apresentação da dissertação, ou relatório de estágio ou trabalho de projeto, o que perfaz um total de 120 créditos ECTS nas seguintes áreas científicas:

Área Científica ECTS Obrigatórios ECTS Opcionais
CED
Ciências da Educação
104
8
TSO
Trabalho Social e Orientação
8

1ºano

2ºano

Anual Área Científica ECTS
CED
10
OP - Dissertação
CED
50
OP - Relatório de Estágio
CED
50
OP - Trabalho de Projeto
CED
50

Nota: As UCs opcionais disponíveis serão definidas anualmente pela Direção do Departamento.

A investigação no âmbito deste ciclo de estudos está enquadrada no centro de investigação INPP/ Instituto de Desenvolvimento Humano Portucalense. O INPP apresenta duas unidades de investigação – Cognitive Development Lab e o Therapeutic Innovation Lab.

O CDL suporta investigação no âmbito da compreensão das bases da cognição e comportamento, procurando utilizar esta evidência no sentido da promoção de processos de aprendizagem mais eficientes e inclusivos. Este laboratório apresenta uma conexão próxima com o Center for Excellence in Teaching e o Student ´s Observatory da UPT, encontrando-se focado na promoção da qualidade da educação ao longo da vida e na igualdade de género.

O TIL suporta os trabalhos de desenvolvimento de novos instrumentos para avaliar novas realidades e para desenvolver novas intervenções. Este laboratório apresenta duas estruturas de suporte: o Serviço de Psicologia Clínica e Aconselhamento e o Gabinete de Apoio ao Aluno. Ambas as estruturas partilham um objetivo comum: promoção da saúde e bem-estar, relativamente à comunidade interna ou externa (i.e., comunidade) à UPT.

Este ciclo de estudos está mais diretamente alinhado com o CDL, versando linhas especificas no âmbito da Educação para a Cidadania e Inclusão, Promoção da Igualdade de Género, e Diversidade e Educação.

 

Projetos em curso

A listagem dos projetos realizados ou em curso no âmbito do INPP podem ser consultados na sua página online (inpp.upt.pt). Em concreto no âmbito deste ciclo de estudos, poderar-se como exemplos os seguintes projetos de investigação:

  • Globalização, Educação e Justiça Social;
  • Educação, Valores e Cidadania;
  • Tecnologias educativas para a diversidade e inclusão;
  • Educação para a promoção da igualdade de género.

Maria da Dores Formosinho

Coordenadora do Mestrado em Ciências da Educação

DPE/ Departamento de Psicologia e Educação

Mestrado em Ciências da Educação: Área de Especialização em Educação e Intervenção Sociocomunitária
(mest.cienciaseducacao@upt.pt)

Maria da Dores Formosinho

Coordenadora do Mestrado em Ciências da Educação

DPE/ Departamento de Psicologia e Educação

Mestrado em Ciências da Educação: Área de Especialização em Educação e Intervenção Sociocomunitária
(mest.cienciaseducacao@upt.pt)

Candidaturas*

176,00 €

Matrícula (ato único por curso)

326,00 €

Seguro Escolar

32,00 €

Inscrição

setembro

Valor isento no ano da matrícula**

fevereiro

187,00 €

*Isenta para antigos alunos (com curso que confere grau concluído na UPT)
**Isenção será aplicada em Fevereiro caso o aluno apenas se inscreva no 2º semestre, no ano da matrícula

Dentro do Prazo

Fora do Prazo

Candidaturas

Isento

-

Matrícula (ato único por curso)

326,00€

-

Inscrição

setembro

Isento**

-

fevereiro

187,00€

196,00€

**Isenção será aplicada em fevereiro caso o aluno apenas se inscreva no 2º semestre, no ano da matrícula

Propina de Frequência (p/ 60 ECTS)

11 Prestações (setembro a julho)

Mensal

368,20 €

Desconto de 3% setembro

Único

3.928,50 €

Propina de Frequência (p/ 30 ECTS)

5 Prestações (setembro a janeiro ou fevereiro a junho)

Mensal

405,00 €

Desconto de 2% setembro ou fevereiro

Semestral

1.984,50 €

Valor por ECTS

13,50 €

Propina mínima obrigatória (10 ECTS)

Mensal

135,00 €

Dentro do Prazo

Fora do Prazo

Ato único (1 prestação)

julho a setembro

326,00 €

343,00 €

Ato único (2 prestações)

setembro

187,00 €

196,00 €

fevereiro

187,00 €

196,00 €

Propina de Frequência

50% dos preçários da parte curricular

***E anos seguintes, no caso de não conclusão do curso em 2 anos.

Candidatura

176,00 €

Cursos em Português

Matrícula

326,00 €

Inscrição

187,00 €

Propina Anual

3.928,50 €

Cursos em Inglês

Propina Anual

5.200,00 €

Candidaturas*

176,00 €

Matrícula (ato único por curso)

326,00 €

Seguro Escolar

32,00 €

Inscrição

setembro

Valor isento no ano da matrícula**

fevereiro

187,00 €

*Isenta para antigos alunos (com curso que confere grau concluído na UPT)
**Isenção será aplicada em Fevereiro caso o aluno apenas se inscreva no 2º semestre, no ano da matrícula

Dentro do Prazo

Fora do Prazo

Candidaturas

Isento

-

Matrícula (ato único por curso)

326,00€

-

Inscrição

setembro

Isento**

-

fevereiro

187,00€

196,00€

**Isenção será aplicada em fevereiro caso o aluno apenas se inscreva no 2º semestre, no ano da matrícula

Propina de Frequência (p/ 60 ECTS)

11 Prestações (setembro a julho)

Mensal

368,20 €

Desconto de 3% setembro

Único

3.928,50 €

Propina de Frequência (p/ 30 ECTS)

5 Prestações (setembro a janeiro ou fevereiro a junho)

Mensal

405,00 €

Desconto de 2% setembro ou fevereiro

Semestral

1.984,50 €

Valor por ECTS

13,50 €

Propina mínima obrigatória (10 ECTS)

Mensal

135,00 €

Dentro do Prazo

Fora do Prazo

Ato único (1 prestação)

julho a setembro

326,00 €

343,00 €

Ato único (2 prestações)

setembro

187,00 €

196,00 €

fevereiro

187,00 €

196,00 €

Propina de Frequência

50% dos preçários da parte curricular

***E anos seguintes, no caso de não conclusão do curso em 2 anos.

Candidatura

176,00 €

Cursos em Português

Matrícula

326,00 €

Inscrição

187,00 €

Propina Anual

3.928,50 €

Cursos em Inglês

Propina Anual

5.200,00 €

Podem candidatar-se ao curso:

  1. Licenciados em Educação Social;
  2. Licenciados em Ciências da Educação ou em qualquer domínio da área educacional;
  3. Candidatos possuidores de relevante currículo académico, científico ou profissional na área do ciclo de estudos.

Os candidatos ao acesso ao 2º ciclo de estudos em Ciências da Educação – Área de Especialização em Educação e Intervenção Sociocomunitária são seriados com base na valorização de mérito resultante da média ponderada, conforme Anexo I, das Normas Regulamentares.

1ª fase Início Fim
Candidaturas à 1ª fase
4 abril
20 maio
Afixação dos resultados
27 maio
Reclamações
27 maio
30 maio
2ª Fase Início Fim
Candidaturas à 2ª fase
30 maio
22 julho
Afixação dos resultados
29 julho
Reclamações
29 julho
2 agosto
Matriculas e Inscrições para a 1ª e 2ª fase
2 de agosto
16 agosto
3ª Fase Início Fim
Candidaturas à 3ª fase
2 agosto
29 setembro
Afixação dos resultados
6 outubro
Reclamações
6 outubro
7 outubro
Matriculas e Inscrições
7 outubro
14 outubro
4ª Fase Início Fim
Candidaturas à 4ª fase
11 outubro
21 outubro
Afixação dos resultados
Até 28 outubro
Reclamações
28 outubro
29 outubro
Matriculas e Inscrições
3 novembro
7 novembro
5ª Fase Início Fim
Candidaturas à 5ª fase
8 novembro
17 novembro
Afixação dos resultados
Até 23 novembro
Reclamações
23 novembro
24 novembro
Matriculas e Inscrições
24 novembro
30 novembro

2º CICLO DE ESTUDOS
  • Os titulares de grau de licenciado ou equivalente legal;
  • Os titulares de um grau académico estrangeiro conferido na sequência de um 1º ciclo de estudos organizado de acordo com os princípios do processo de Bolonha por um Estado aderente a esse processo;
  • Os titulares de um grau académico superior estrangeiro que seja reconhecido como satisfazendo os objetivos do grau de licenciado pelo Conselho Científico da Universidade Portucalense;
  • Os detentores de currículo escolar, científico ou profissional, que seja reconhecido pelo Conselho Científico da Universidade Portucalense, como atestando capacidade para realizar este ciclo de estudos.

Atendendo ao seu percurso académico e profissional, os candidatos podem apresentar um pedido de Requerimento de Reconhecimento e Creditação de Competências, que poderá conferir equivalências a unidades curriculares do curso de Mestrado. Os detentores do grau de licenciado Pré-Bolonha que possuam mais de 5 anos de experiência profissional na área do mestrado, podem solicitar a substituição da dissertação por um relatório detalhado sobre a atividade profissional segundo o regulamento em vigor.

  • documento de identificação
  • fotografia, tipo passe
  • documentos que comprovem as habilitações académicas (fotocópias autenticadas)
  • CV atualizado

  • Modelo Próprio, Reconhecimento de que o grau académico satisfaz os objetivos do grau de licenciado, para efeitos de candidatura a um curso de mestrado, solicitando reconhecimento prévio pelo Conselho Científico da habilitação de acesso
  • Documento de Identificação
  • Fotografia, tipo passe
  • Documento comprovativo de titularidade do grau académico superior estrangeiro com indicação da nota final (*)
  • Certidão discriminada das unidades curriculares que constituem o plano curricular do grau académico (*)
  • CV atualizado

(*) Os documentos devem ser traduzidos para português, sempre que não forem emitidos em português, inglês, francês ou espanhol e visados pelo serviço consular ou apresentados com a aposição da Apostila de Haia pela autoridade competente do Estado de onde é originário o documento.

De acordo com a nova Portaria nº 181-D/2015 de 19 de junho, a mudança de curso e transferência foi substituída por um único regime denominado “mudança de par instituição/curso”.

Não é permitida a mudança de par instituição/curso no ano letivo em que o estudante tenha sido colocado em par instituição/curso de ensino superior ao abrigo de qualquer regime de acesso e ingresso e se tenha matriculado e inscrito.

A mudança de par instituição/curso e o reingresso são requeridos à Direção dos Serviços Académicos, em modelo próprio.

  • Formulário de candidatura, devidamente preenchido;
  • Documento de Identificação;
  • Fotografia, tipo passe;
  • Original ou cópia autenticada do documento comprovativo da matrícula no estabelecimento de ensino de origem (com exceção dos candidatos da UPT) (*);

Se desejar solicitar equivalências:

(*) Estes documentos devem ser autenticados de acordo com legislação em vigor (Decreto-lei 28 de 13/03/2000).

Para informações sobre o processo de candidatura por favor consulte os regulamentos relevantes abaixo ou contacte diretamente com o nosso Gabinete de Ingresso. Para informações de caráter pedagógico/científico consultar os coordenadores de curso:

1ª fase Início Fim
Candidaturas à 1ª fase
4 abril
20 maio
Afixação dos resultados
27 maio
Reclamações
27 maio
30 maio
2ª Fase Início Fim
Candidaturas à 2ª fase
30 maio
22 julho
Afixação dos resultados
29 julho
Reclamações
29 julho
2 agosto
Matriculas e Inscrições para a 1ª e 2ª fase
2 de agosto
16 agosto
3ª Fase Início Fim
Candidaturas à 3ª fase
2 agosto
29 setembro
Afixação dos resultados
6 outubro
Reclamações
6 outubro
7 outubro
Matriculas e Inscrições
7 outubro
14 outubro
4ª Fase Início Fim
Candidaturas à 4ª fase
11 outubro
21 outubro
Afixação dos resultados
Até 28 outubro
Reclamações
28 outubro
29 outubro
Matriculas e Inscrições
3 novembro
7 novembro
5ª Fase Início Fim
Candidaturas à 5ª fase
8 novembro
17 novembro
Afixação dos resultados
Até 23 novembro
Reclamações
23 novembro
24 novembro
Matriculas e Inscrições
24 novembro
30 novembro

2º CICLO DE ESTUDOS
  • Os titulares de grau de licenciado ou equivalente legal;
  • Os titulares de um grau académico estrangeiro conferido na sequência de um 1º ciclo de estudos organizado de acordo com os princípios do processo de Bolonha por um Estado aderente a esse processo;
  • Os titulares de um grau académico superior estrangeiro que seja reconhecido como satisfazendo os objetivos do grau de licenciado pelo Conselho Científico da Universidade Portucalense;
  • Os detentores de currículo escolar, científico ou profissional, que seja reconhecido pelo Conselho Científico da Universidade Portucalense, como atestando capacidade para realizar este ciclo de estudos.

Atendendo ao seu percurso académico e profissional, os candidatos podem apresentar um pedido de Requerimento de Reconhecimento e Creditação de Competências, que poderá conferir equivalências a unidades curriculares do curso de Mestrado. Os detentores do grau de licenciado Pré-Bolonha que possuam mais de 5 anos de experiência profissional na área do mestrado, podem solicitar a substituição da dissertação por um relatório detalhado sobre a atividade profissional segundo o regulamento em vigor.

  • documento de identificação
  • fotografia, tipo passe
  • documentos que comprovem as habilitações académicas (fotocópias autenticadas)
  • CV atualizado

  • Modelo Próprio, Reconhecimento de que o grau académico satisfaz os objetivos do grau de licenciado, para efeitos de candidatura a um curso de mestrado, solicitando reconhecimento prévio pelo Conselho Científico da habilitação de acesso
  • Documento de Identificação
  • Fotografia, tipo passe
  • Documento comprovativo de titularidade do grau académico superior estrangeiro com indicação da nota final (*)
  • Certidão discriminada das unidades curriculares que constituem o plano curricular do grau académico (*)
  • CV atualizado

(*) Os documentos devem ser traduzidos para português, sempre que não forem emitidos em português, inglês, francês ou espanhol e visados pelo serviço consular ou apresentados com a aposição da Apostila de Haia pela autoridade competente do Estado de onde é originário o documento.

De acordo com a nova Portaria nº 181-D/2015 de 19 de junho, a mudança de curso e transferência foi substituída por um único regime denominado “mudança de par instituição/curso”.

Não é permitida a mudança de par instituição/curso no ano letivo em que o estudante tenha sido colocado em par instituição/curso de ensino superior ao abrigo de qualquer regime de acesso e ingresso e se tenha matriculado e inscrito.

A mudança de par instituição/curso e o reingresso são requeridos à Direção dos Serviços Académicos, em modelo próprio.

  • Formulário de candidatura, devidamente preenchido;
  • Documento de Identificação;
  • Fotografia, tipo passe;
  • Original ou cópia autenticada do documento comprovativo da matrícula no estabelecimento de ensino de origem (com exceção dos candidatos da UPT) (*);
Se desejar solicitar equivalências: (*) Estes documentos devem ser autenticados de acordo com legislação em vigor (Decreto-lei 28 de 13/03/2000).

Para informações sobre o processo de candidatura por favor consulte os regulamentos relevantes abaixo ou contacte diretamente com o nosso Gabinete de Ingresso. Para informações de caráter pedagógico/científico consultar os coordenadores de curso:

ERASMUS

Voltar ao topo