Licenciatura em Multimédia e Artes – Oficina de Investigação Artística

ECTS
5

Idioma
Português

Avaliação
Contínua

  1.  Conhecer a relação entre os vários suportes, ferramentas e a sua aplicação na especificidade de cada projeto: pesquisando, analisando, comparando processos laboratoriais que permitem enunciar discurso artístico das diversas práticas da arte contemporânea.
  2.  Adquirir aptidões fundamentais: conhecimentos aprofundados, no recurso à atividade de investigação, inovação ou aprofundamento de aprendizagens artísticas, na compreensão e resolução de situações novas e para integrar conhecimentos, desenvolvendo competências de análise e comparação dos objetos, dos processos, dos enunciados e dos discursos da arte contemporânea.
  3.  Adquirir espírito crítico em relação à teoria e à história da pintura, da escultura, instalação, performance,
    vídeoarte,
    cenografia.
  4.  Desenvolver competências no âmbito da investigação em arte e sobre arte: instrumentos, meios, métodos e
    processos, incentivando nos estudantes a capacidade de desenvolverem o seu próprio portfólio.

Não se aplica

As aulas decorrem em contexto de oficina/atelier. São transmitidos os conceitos de uma obra de arte nos vários discursos artísticos, permitindo conhecer os materiais na sua relação forma/função/suporte. São desenvolvidas interações entre o mundo material e o virtual em ambos sentidos, de forma utilizar a matéria como fonte de inspiração para o desenvolvimento de expressões artísticas no campo da pintura, escultura e representações digitais utilizando o poder de processamento e organização dos computadores para modelar o mundo físico. A avaliação é contínua em modo teórico-prático, sendo analisados todos os exercícios que se vão produzindo
ao longo do semestre e que se traduzirão num portfólio final.

  1.  Análise de técnicas de autores da Renascença ao PósModernismo. Novos suportes, técnicas e tecnologias contemporâneas;
  2.  Introdução ao Vídeo. Temas, conteúdos. Conceitos, processos de artistas atuais. Noções essenciais do audiovisual; Imagens móveis a partir da captação fotográfica. Transformação de formas reais em formas digitais.
  3.  Introdução à cenografia: análise de cenários em teatro/cinema/produção de ambientes.
  4.  Experimentação: grafite; pastel seco; pastel de óleo; acrílico; guache; Intervenção personalizada dos estudantes.
  5.  Investigação de técnicas: materiais da colagem, obtenção de volumes e relação c/ o espaço.

  • Bell,J. (1999). What is painting? – representation and modern art. London: Thames & Hudson.
  • Dondis,D.A. (1973). La sintaxis de la imagen: introdución al alfabeto visual. Gustavo Gil, Barcelona.
  • Guarda,D. & Figueiredo, N. (eds.) (2004). Video arte e filme de arte & ensaio em Portugal. Lisboa: Arte e Cultura
  • Mackenzie,G. (2010). The Complete Watercolorist's Essential Notebook: A treasury of watercolor secrets discovered through decades of painting and experimentation. Londres: North Light Books.
  • Lieser,W. (2009). Arte Digital. Königswinter, Alemanha: h. f. Ullmann
  • LucieSmith,E. (2003). Art today. New York, London: Phaidon.
  • Rosenthal, M. (2003). Understanding Installation Art: From Duchamp to Holzer. Munich: Prestel Verlag.J. (1999). What is painting? – representation and modern art. London: Thames & Hudson.

  • Guarda, D. & Figueiredo, N. (eds.) (2004). Video arte e filme de arte & ensaio em Portugal. Lisboa: Arte e Cultura.
  • Nauman, B. (2005). Pay attention please: Bruce Nauman’s words: writings and interviews. New York: MIT Press.

Os conteúdos programáticos foram definidos tendo em consideração os objetivos bem como as competências a serem desenvolvidas/atingidas pelos estudantes na UC Oficina de Investigação Artística. Assim nesta UC, procura-se promover o interesse pela arte contemporânea; desenvolver competências de literacia visual; promover a leitura acompanhada de textos e/ou visionamentos de excertos de filmes/documentários, vídeos de entrevistas a artistas, seguindo-se a respectiva análise e comentário crítico. Os conteúdos programáticos abrangem as principais abordagens de carácter multiobjetivos bem como técnicas específicas que conferem
aos estudantes a capacidade de selecionar de forma crítica o método apropriado a utilizar para solucionar as suas opções nas tarefas propostas. (Objetivo A Conteúdos
1); (Objetivo B e C – Conteúdos 2 e 3); (Objetivo D – Conteúdo 4 e 5).

As aulas de carácter teórico-prático, implicam um constante recurso a imagens da arte contemporânea, bem como a apresentação de excertos de documentação audiovisual que contextualizam as diversas problemáticas em estudo, bem como visitas a Museus e Galerias de Arte que permitam conhecer e enunciar o discurso
artístico das diversas práticas da arte contemporânea. Da mesma forma, pretende-se
por meio destes métodos, promover o recurso à investigação, como garantia de inovação ou de aprofundamento de aprendizagens artísticas, desenvolvendo competências de análise e comparação dos objetos, dos processos, dos enunciados e dos discursos da arte contemporânea (objetivos de aprendizagem A e B). Ao familiarizarem-se com a prática de investigação em arte os estudantes irão desenvolver espirito crítico (objetivo de aprendizagem C). Proporciona-se
também aos estudantes acesso a artigos de investigação em arte bem como a presença nas aulas de artistas convidados para falarem da sua prática artística de forma a apresentar aos estudantes diferentes instrumentos, meios, métodos e processos de investigação em arte e sobre arte que estes possam usar no desenvolvimento do seu próprio portfólio (objetivo de aprendizagem d).

4 horas semanais de caracter teórico-prático (72h)

Competência Genérica Relevante Desenvolvida? Avaliada?
Análise e síntese
X
X
Aptidão para aplicação na prática dos conhecimentos teóricos
X
Capacidade crítica e de avaliação
X
X
Capacidade de adaptação a novas situações
Capacidade de auto-critica e de auto-avaliação
X
Capacidade de iniciativa e espírito empreendedor
X
Capacidade de investigação
X
X
Competência em informática e uso de novas tecnologias
Comportamento ético e responsável
Comunicação oral e escrita
X
Criatividade
X
X
Gestão da informação e da aprendizagem
X
Preocupação com a qualidade
X
X
Relacionamento interpessoal
Saber organizar, planear e gerir
X
X
Trabalho em equipa
Valorização da diversidade e da multiculturalidade

Emília Simão

Informação e Comunicação em Plataformas Digitais | Doutoramento

emiliasimao@upt.pt

Voltar ao topo