Como chegar
|
Contactos
Perguntas
Frequentes

Património, Cultura, Turismo e Hospitalidade 2019/2020

  • 6 ECTS
  • Lecionada em Português
  • Avaliação Final

Objetivos

1. Reconhecer a necessidade da integração dos valores históricos e patrimoniais nos processos de planeamento e desenvolvimento do turismo;
2. Demonstrar uma consciência crítica, com especial enfoque na relevância da identidade cultural, autenticidade e da originalidade como elementos diferenciadores da oferta;
3. Reconhecer a importância do papel das comunidades locais e stakeholders locais no acolhimento e hospitalidade e na proteção e salvaguarda dos elementos patrimoniais e culturais;
4. Conhecer novos modelos de produtos e serviços turísticos assentes na cultura, no património, na tradição e na autenticidade, com a colaboração estreita da comunidade local e das instituições assentes nesse território;
5. Compreender as estratégias de fidelização de visitantes através de práticas de gestão dos serviços de acolhimento em instituições culturais, monumentos e sítios orientadas para a qualidade e para a manutenção e salvaguarda dos valores patrimoniais e culturais.

Pré-Requisitos Recomendados

NA

Método de Ensino

Combinação dos métodos expositivo e participativo, fomentando a proatividade dos alunos na descoberta do conhecimento, pesquisa bibliográfica, análise de trabalhos científicos relevantes no âmbito dos conteúdos lecionados, estímulo do debate e discussão crítica. Estudos de casos. Trabalho de campo.
A avaliação será realizada através de uma análise crítica sobre um tema que verse a relação entre o turismo, o património, a cultura e a hospitalidade, sempre que possível, no âmbito das linhas e projetos de investigação do Núcleo de Investigação em Turismo, Património e Desenvolvimento do Território. Total de 100% na avaliação.

Conteúdos Programáticos

• Conceitos de identidade, história, cultura e valor(es) do património: globalização versus identidade local.
• A importância dos residentes na preservação e salvaguarda da cultura local;
• A fixação populacional como forma de salvaguardar a identidade local;
• Conceito de turismo e "especialização estratégica inteligente dos territórios";
• Cultura e Património como diferenciadores das estratégias de desenvolvimento local;
• A importância de manter a autenticidade, a originalidade e a identidade cultural no âmbito da atratividade do turismo;
• O turista de património mais especializado e os perfis de turistas interessados na cultura e no património;
• A população e o acolhimento estratégico ao visitante: a sua atitude, colaboração e integração nas atividades ligadas ao Turismo;
• As instituições culturais (museus, monumentos, sítios, entre outras): uma gestão em benefício do acolhimento personalizado, atento às diversidades sociais e à qualidade da comunicação histó

Bibliografia e Webgrafia Recomendada

Freitas, I. Et al. (2019). Tourism in Porto‘s Historic Centre: Analysing Risks and Safeguarding of the Landscape Proceedings of the 2nd International Conference on Tourism Research ICTR (2019). Cristina Sousa, Isabel Freitas, Jorge Marques (Editors). ACPI. Acedido em http://academic-bookshop.com. 23/03/2019.

Freitas, I.V., Marques, J., Rodrigues, C. A., & Sousa, C. (2018). Urban Landscape Quality Management and Monitoring: A Methodological Proposal to Study the Case of Porto, Portugal. In I. Rosa, J. Lopes, R. Ribeiro, & A. Mendes (Eds.), Handbook of Research on Methods and Tools for Assessing Cultural Landscape Adaptation (pp. 396-413). Hershey, PA: IGI Global. doi:10.4018/978-1-5225-4186-8.ch016

Martín, M. A. Z. (2017). Paisajes culturales urbanos, oportunidad para la conservación del patrimonio y el turismo sostenible. Estudios Geográficos, 77(281), 693-728.

Ramires, A., Brandao, F., & Sousa, A. C. (2018). Motivation-based cluster analysis of international touri

Bibliografia Complementar

World Economic Forum (2019). The travel & Tourism Competitiveness Report 2017. Available at http://www3.weforum.org/docs/WEF_TTCR_2017_web_0401.pdf

World Tourism Organization (2018). Compendium of Tourism Statistics dataset [Electronic], UNWTO, Madrid, Available at http://statistics.unwto.org/news/2018-03-23/methodological-notes-tourism-statistics-database-2018-edition

Planificação Semanal

1ª aula
•Conceitos de identidade, história, cultura e património: globalização versus identidade local. O valor do património e da História para o Turismo.
• A importância dos residentes na preservação e salvaguarda da cultura local;
• A fixação populacional como forma de salvaguardar a identidade local;
• Conceito de turismo e "especialização estratégica inteligente dos territórios";

2ª, 3ª, 4ª, 5ª aulas
• Cultura e Património como diferenciadores das estratégias de desenvolvimento local;
• A importância de manter a autenticidade, a originalidade e a identidade cultural no âmbito da atratividade do turismo; • As instituições culturais (museus, monumentos, sítios, entre outras): uma gestão em benefício do acolhimento personalizado, atento às diversidades sociais e à qualidade da comunicação histórica, cultural e patrimonial. Estudos de casos.

6ª aula
• O turista de património mais especializado e os perfis de turistas interessados na cultura e no património;
• A população e o acolhimento estratégico ao visitante: a sua atitude, colaboração e integração nas atividades ligadas ao Turismo.

Coerência do programa para com os objetivos

Para reconhecer a importância do papel das comunidades locais no acolhimento e hospitalidade e na proteção e salvaguarda dos elementos patrimoniais e culturais, será necessário compreender os conceitos de identidade, história, cultura e património: globalização versus identidade local, a importância dos residentes na preservação e salvaguarda da cultura local e a fixação populacional como forma de salvaguardar a identidade local. Para demonstrar uma consciência crítica, com especial enfoque na relevância da identidade cultural, autenticidade e da originalidade como elementos diferenciadores da oferta, o conceito de turismo "especialização estratégica inteligente dos territórios" serão abordados e desenvolvidos em sala de aula de forma a compreender que a identidade cultural e patrimonial tem um poder enorme sobre o desenvolvimento do turismo.

Coerência dos métodos de ensino para com os objetivos

A combinação dos métodos expositivo e participativo, fomentando a proatividade dos alunos na descoberta do conhecimento, pesquisa bibliográfica, permitirão reconhecer a importância do papel das comunidades locais no acolhimento e hospitalidade e na proteção e salvaguarda dos elementos patrimoniais e culturais; demonstrar uma consciência crítica, com especial enfoque na relevância da identidade cultural, autenticidade e da originalidade como elementos diferenciadores da oferta; reconhecer a necessidade da integração dos valores sociais, da identidade cultural e patrimonial nos processos de planeamento e desenvolvimento do turismo. A análise de trabalhos científicos relevantes no âmbito dos conteúdos lecionados, estímulo do debate e discussão crítica e os
estudos de casos permitirão compreender as estratégias de fidelização de visitantes através de práticas de gestão dos serviços de acolhimento em instituições culturais, monumentos e sítios orientadas para a qualidade e para a manutençã

competência genérica relevantedesenvolvida?avaliada?
Capacidade de investigaçãoSimSim
Comunicação oral e escritaSimSim
Conhecimento de outras culturas e costumesSimSim
Gestão da informação e da aprendizagemSimSim
Valorização da diversidade e da multiculturalidadeSimSim
Este website usa cookies para funcionar melhor e medir a performance (Diretiva da União Europeia 2009/136/EC)