Como chegar
|
Contactos
Perguntas
Frequentes

Organização e Gestão das Instituições Educativas 2019/2020

  • 4 ECTS
  • Lecionada em Português
  • Avaliação Contínua

Objetivos

No final desta UC, os estudantes devem ser capazes de:
- desenvolver competências para o exercício de funções diretivas, tendo em vista a eficácia e eficiência na gestão de ensino, dos setores público e privado;
- adquirir formação especializada para a integração em equipas dirigentes de instituições educativas, tomadas como centros de produção de conhecimentos e competências;
- conhecer teorias e modelos de gestão estratégica;
- problematizar a aplicação da gestão estratégica ao contexto educativo;
- perceber a influência da política educativa nacional na implementação e definição dos planos de ação dos estabelecimentos de ensino;
- refletir sobre a gestão de recursos no contexto das organizações educativas.

Pré-Requisitos Recomendados

Não Aplicável.

Método de Ensino

As metodologias de ensino centram-se em estratégias que procuram responder aos objetivos da Unidade Curricular. As sessões privilegiarão as metodologias activas e serão sempre de carácter teórico-prático, promovendo o intercâmbio e a participação. Serão utilizadas as técnicas audiovisuais e a dinâmica de grupos.
Adotar-se-á a metodologia de trabalho individual e de grupo.

Conteúdos Programáticos

- Definição conceptual de organização e gestão de instituições educativas;
- As organizações educativas: instituições do primeiro, segundo e terceiro sector;
- A gestão estratégica nas instituições educativas: Teorias, modelos e componentes de gestão estratégica;
- O desafio da implementação estratégica nas instituições educativas;
- Linhas orientadoras das políticas educativas nacionais e planos de ação dos estabelecimentos de ensino;
- Gestão de recursos humanos e de processos nas organizações educativas.

Bibliografia e Webgrafia Recomendada

Formosinho, J. (2010). Autonomia da Escola Pública em Portugal, Fundação Manuel Leão, Vila Nova
de Gaia.
Barroso, J. (1992) Fazer da escola um projecto. In R. Canário (Org.), Inovação e Projecto Educativo de Escola. Lisboa: Educa.
Cardoso, L. (1992). Gestão Estratégica. Enfrentar a Mudança. s/l: IAPMEI.
Castanheira, Patricia (2010). Liderança e gestão das escolas em Portugal: o quotidiano do presidente do conselho executivo. Tese de doutoramento, Departamento de Ciências e Educação, Universidade de Aveiro, Portugal.
Estêvão, C. (1998). A Gestão Estratégica das Escolas. Cadernos de organização e gestão escolar. Edição, 1ª ed. Lisboa: Instituto de Inovação Educacional.
Lima, L. (1992). A Escola Como Organização e a Participação na Organização Escolar. Um Estudo à Escola Secundária em Portugal (1974-1988). Braga: I.E.P.
Lima, L. C. (1996) Construindo modelos de gestão escolar. Lisboa: Instituto de Inovação Educacional.

Bibliografia Complementar

Miguel, A., Rocha, A. & Röhrich, O. (2014). Gestão Emocional de Equipas - em ambiente de projeto. 5ª ed. Lisboa: FCA – Editora de Informática.
Mintzberg, M. (1994). The Rise and Fall of Strategic Planning. New York: Prentice-Hall.
Rowe, A. J., Mason, R. O. E Dickel, K. E. (1986). Strategic Management. A Methodological Approach. Massachusetts: Addison-Wesley Publishing Company.
Weill, M. (1995). A Gestão Estratégica. Lisboa: Publicações D. Quixote.

Planificação Semanal

Sessão 1
- Apresentação da Unidade Curricular: objetivos de aprendizagem e competências específicas a desenvolver ao longo da unidade curricular. Análise dos conteúdos programáticos. Diálogo sobre a avaliação: metodologias, tipo e número de provas a realizar durante o semestre. Diálogo sobre a bibliografia considerada fundamental.
Sessão 2
- Definição conceptual de organização e gestão das instituições educativas;
- As organizações educativas: instituições do primeiro, segundo e terceiro sector.
Sessão 3
- A gestão estratégica nas instituições educativas: Teorias e modelos de gestão estratégica.
Sessão 4
- Teorias e modelos de gestão estratégica (continuação);
- Componentes da gestão estratégica.
Sessão 5
- Componentes de gestão estratégica (continuação).
Sessão 6
- O desafio da implementação estratégica nas instituições educativas;
- Exercício prático.
Sessão 7
- Linhas orientadoras das políticas educativas nacionais e planos de ação dos estabelecimentos de ensino.
Sessão 8
- Linhas orientadoras das políticas educativas nacionais e planos de ação dos estabelecimentos de ensino (continuação).
Sessão 9
Gestão de Recursos Humanos nas Organizações Educativas:
- A Liderança.
Sessão 10
Gestão de Recursos Humanos nas Organizações Educativas (continuação):
- A Liderança;
- Formação contínua e desenvolvimento profissional.
Sessão 11
Gestão de Processos nas Organizações Educativas:
- O enfoque nos processos: articulação de pessoas, instalações, equipamentos, recursos materiais e financeiros.
Sessão 12
Gestão de Processos nas Organizações Educativas (continuação):
- O enfoque nos processos: articulação de pessoas, instalações, equipamentos, recursos materiais e financeiros.
Sessão 13
Orientação tutorial dos trabalhos.
Sessão 14
Orientação tutorial dos trabalhos.
Sessão 15
- Apresentação do trabalho final e feedback sobre aspetos a melhorar;
- Balanço da Unidade Curricular.

Coerência do programa para com os objetivos

Os objetivos propostos em termos de aquisição de conhecimentos e competências visam promover a reflexão crítica sobre a organização e a gestão das instituições educativas.
A coerência entre os objetivos e os conteúdos está assegurada em termos pedagógicos, disciplinares, contextuais e interdisciplinares, tendo sempre presente os conhecimentos prévios já adquiridos pelos alunos sobre esta temática.

Coerência dos métodos de ensino para com os objetivos

A metodologia a utilizar nas aulas foi pensada de forma a que os alunos adquiram os conhecimentos desejados e desenvolvam as competências consideradas fundamentais para um bom desempenho profissional, garantindo uma formação alicerçada na capacidade de investigação, de crítica e autocritica, assim como de recursos a meios e técnicas mais adequadas a uma aprendizagem dos alunos de maior qualidade. Tentou-se evidenciar a necessidade de recorrer a várias situações inerentes à metodologia de ensino, permitindo que, fundamentalmente, o trabalho dos alunos se desenvolvesse à volta do trabalho individual, do trabalho em grupo, trabalho autónomo e trabalho diversificado na sala de aula.

competência genérica relevantedesenvolvida?avaliada?
Análise e sínteseSimSim
Aptidão para aplicação na prática dos conhecimentos teóricosSim 
Capacidade crítica e de avaliaçãoSimSim
Capacidade de adaptação a novas situaçõesSim 
Capacidade de auto-critica e de auto-avaliaçãoSimSim
Capacidade de decisãoSimSim
Capacidade de iniciativa e espírito empreendedorSim 
Capacidade de investigaçãoSimSim
Competência em informática e uso de novas tecnologiasSim 
Competência em língua estrangeiraSim 
Comportamento ético e responsávelSimSim
Comunicação oral e escritaSimSim
Conhecimento de outras culturas e costumesSim 
CriatividadeSimSim
Gestão da informação e da aprendizagemSimSim
LiderançaSimSim
Preocupação com a eficáciaSimSim
Preocupação com a qualidadeSimSim
Relacionamento interpessoalSimSim
Resolução de problemasSimSim
Saber organizar, planear e gerirSimSim
Trabalho em contexto internacionalSimSim
Trabalho em equipaSimSim
Valorização da diversidade e da multiculturalidadeSimSim
Este website usa cookies para funcionar melhor e medir a performance (Diretiva da União Europeia 2009/136/EC)