Como chegar
|
Contactos

Gestão de Aprovisionamento e Logística 2018/2019

  • 4 ECTS
  • Lecionada em Português
  • Avaliação Contínua

Objetivos

Pretende-se que os alunos adquiram o conhecimento sobre a gestão do ciclo do produto, negociação, gestão de stocks e vendas, de acordo com as características da empresa hoteleira, procedendo à sua análise e avaliação

Pré-Requisitos Recomendados

N.A.

Método de Ensino

A metodologia utilizada privilegiará a participação ativa dos alunos, numa dinâmica que assentará nos seguintes procedimentos metodológicos e técnicos:
- Método afirmativo
- Método interrogativo
- Método ativo

Conteúdos Programáticos

1. Conceitos e Aspetos Metodológicos
1.1 Conceitos: Aprovisionamento, Stocks e Logística
1.2 Instalações de Armazenagem em Hotelaria
1.3 Particularidades na Hotelaria – Perecíveis e Sazonalidade
1.4 HACCP
2. O Aprovisionamento
2.1 A Importância do Aprovisionamento
2.2 Gestão de Compras
2.3 Gestão Física de Stocks
2.3.1 Análise ABC
2.3.2 Stock Mínimo e Máximo
2.3.3 Turnover
2.3.4 Custo Médio das Mercadorias
2.4 Receção de Mercadorias
2.5 Armazenagem
2.6 Controlo de Entradas e Saídas
2.7 Inventários
2.8 Logística e Planeamento
3. Documentação na Gestão Administrativa de Stocks
3.1 Documentação Interna
3.2 Documentação Externa
3.3 Documentação Oficial
4. Sistemas de informação de Gestão no Aprovisionamento
4.1 Informatização do Controlo de Stocks
4.2 Software de Gestão de stocks

Bibliografia e Webgrafia Recomendada

Dittmer, P. e Keefe, D. (2009). Principles of Food, Beverage and Labor Coast Controls, 9th ed. - New Jersey, John Wiley & Sons;
Feinstein, A. e Stefanelli (2012). Purchasing: Selection and Procurement for the Hospitality Iindustry, 8th ed. - New Jersey, John Wiley & Sons

Bibliografia Complementar

- MOSER, F. (2002), Manual de Gestão de Alimentação e Bebidas. Coleção Hotelaria & Turismo.
Mem Martins: CETOP.
- QUINTAS, M. A. (2006), Organização e Gestão Hoteleira. Vol. I, II e III. Alcabideche: Oteltur.
- REIS, L. (1996), Exercícios de Gestão de Stocks e Compras. Lisboa: Universidade Moderna.
- REIS, L.; Paulino, A. (2000), Gestão dos stocks e compras. Coleção Gestão. 3.ª ed. Lisboa:Internacional.
- http://www.allfoodbusiness.com
- http://www.entrepeuner.com
- http://www.foodserviceworld.com
- http://www.cesacad.com
- http://www.foodreference.com

Planificação Semanal

Semana 1:
- Apresentação
- Conceitos: Aprovisionamento, Stocks e Logística
- Instalações de Armazenagem em Hotelaria
Semana 2:
- Particularidades na Hotelaria – Perecíveis e Sazonalidade
- HACCP
Semana 3:
- O Aprovisionamento
- A Importância do Aprovisionamento
Semana 4:
- Gestão de Compras
- Gestão Física de Stocks
- Análise ABC
- Stock Mínimo e Máximo
- Turnover
- Custo Médio das Mercadorias
Semana 5:
- Receção de Mercadorias
- Armazenagem
Semana 6:
- Controlo de Entradas e Saídas
- Inventários
- Logística e Planeamento
Semana 7:
-Avaliação
Semana 8:
- Documentação na Gestão Administrativa de Stocks
Semana 9:
- Documentação Interna
Semana 10:
- Documentação Externa
- Documentação Oficial
Semana 11:
- Sistemas de informação de Gestão no Aprovisionamento
- Informatização do Controlo de Stocks
- Software de Gestão de stocks
Semana 12:
- Sistemas de informação de Gestão no Aprovisionamento
- Informatização do Controlo de Stocks
- Software de Gestão de stocks
Semana 13:
- Sistemas de informação de Gestão no Aprovisionamento
- Informatização do Controlo de Stocks
- Software de Gestão de stocks
Semana 14:
-Apresentação dos trabalhos de grupo
Semana 15 :
-Avaliação

Coerência do programa para com os objetivos

A estruturação dos conteúdos foi realizada considerando a necessária adequação dos mesmos aos objetivos da unidade curricular, uma vez que se aborda transversalmente os conceitos, métodos, técnicas e procedimentos fundamentais à compreensão das temáticas a abordar na unidade curricular. Desta forma os conteúdos enunciados e a utilização dos instrumentos metodológicos necessários permitem desenvolver a capacidade de análise e a racionalidade de forma a potenciar os saberes e as competências teóricas, técnicas e operativas. Observa-se também uma interligação entre aquilo que foi apresentado em termos dos conteúdos programáticos, os objetivos definidos e a bibliografia de base considerada para a unidade curricular.

Coerência dos métodos de ensino para com os objetivos

As metodologias de ensino/aprendizagem são uma peça fundamental no desenvolvimento dos saberes e competências a adquirir. O ensino centrar-se-á no aluno e assumirá um papel ativo na sua formação, de forma a desenvolver todas as suas potencialidades. As estratégias de ensino de cariz teórico-prático e tutorial visam a autonomia e a reflexividade, potenciando as capacidades analíticas dos alunos, possibilitando a apreensão teórica dos conceitos e, consequentemente, a sua aplicação prática.
A utilização de uma metodologia expositiva, através da comunicação de conteúdos programáticos, permite a apreensão de conceitos, procedimentos e técnicas para aplicação nesta área de estudo e potência a assimilação da lógica subjacente à própria exposição. O recurso à metodologia demonstrativa privilegia o saber-fazer, através da resolução de exercícios práticos aumentando assim o nível de participação, motivação e atenção do aluno. O uso de uma metodologia de ensino interrogativa, através da análise

competência genérica relevantedesenvolvida?avaliada?
Análise e sínteseSimSim
Aptidão para aplicação na prática dos conhecimentos teóricosSimSim
Capacidade de adaptação a novas situaçõesSimSim
Capacidade de auto-critica e de auto-avaliaçãoSimSim
Capacidade de decisãoSimSim
Capacidade de iniciativa e espírito empreendedorSimSim
Capacidade de investigaçãoSimSim
Capacidade negocialSimSim
Competência em informática e uso de novas tecnologiasSimSim
Comportamento ético e responsávelSimSim
Comunicação oral e escritaSimSim
Preocupação com a eficáciaSimSim
Relacionamento interpessoalSimSim
Trabalho em equipaSimSim
Valorização da diversidade e da multiculturalidadeSimSim
Este website usa cookies para funcionar melhor e medir a performance (Diretiva da União Europeia 2009/136/EC)