Como chegar
|
Contactos

Política Internacional Contemporânea 2018/2019

  • 6 ECTS
  • Lecionada em Português
  • Avaliação Contínua

Objetivos

A unidade curricular pretende desafiar o discente a olhar e a reflectir sobre o estado da política internacional hodierna. No final do semestre o discente deverá ser capaz de:
1. Analisar as transformações institucionais operadas nos sistemas políticos do mundo pós-Guerra Fria;
2. Compreender os processos de implementação de uma ordem de matriz Liberal na contemporaneidade;
3. Entender a importância dos novos actores internacionais e/ou regionais emergentes na arena internacional;
4. Compreender a nova génese dos movimentos políticos no mundo contemporâneo;
5. Aferir da mutação transnacional de ideologias políticas na contemporaneidade

Pré-Requisitos Recomendados

Recomenda-se ao alunos desta UC que tenham frequentado, com aproveitamento, as unidades curriculares de:
* Teoria das Relações Internacionais
* História das Relações Internacionais

Método de Ensino

A unidade curricular contará com aulas de natureza teórico-prática. As aulas recorrerão a debates moderados, por vezes entremeados com momentos expositivos e com recurso a elementos audiovisuais que permitirão ao aluno uma exploração dos vários temas e conteúdos programáticos.

Conteúdos Programáticos

I. A transformação do mundo na era pós-Guerra Fria
a. Fim da História ou Choque das Civilizações
b. Consenso de Washington e Pós-Consenso de Washington
c. A Revolução de Veludo e a “normalização” do padrão democrático-liberal
d. A Globalização Não Linear da política Económica

II. Os actores da multipolaridade
a. O papel central da Federação da Rússia
b. China e a contestação da liderança global
c. A relevância da liderança regional: o caso da Turquia

III. As novas dinâmicas da contemporaneidade
a. Análise macro das Revoluções Coloridas
b. Visão holística da Primavera Árabe
c. Eurocepticismo e o aparecimento da nova (extrema-)direita europeia
d. Os desafios da nova esquerda Latino-Americana
e. Entre a auto-determinação e a integridade territorial

Bibliografia e Webgrafia Recomendada

* Alves, André Azevedo, 2017. Teoria Política e Geoestratégia: Desafios Contemporâneos. Lisboa: Aletheia Editores
* Art, Robert, e Jervis, Robert, 2007. International Politics: Enduring Concepts and Contemporary Issues. Nova Iorque: Pearson, Longman
* Aydinli, Ersel e Rosenau, James, 2005. Globalization, Security and the Nation State: Paradigms in Transition. Nova Iorque: State University of New York
* Brown, Chris e Ainley, Kristen, 2012. Compreender as Relações Internacionais. Lisboa: Gradiva
* Basu, Rumki, 2012. International Politics: Concepts, Theories and Issues. Londres: SAGE

Bibliografia Complementar

* Babones, Salvatore e Chase-Dunn, Christopher, 2012. Routledge Handbook of World-System Analysis. Londres: Routledge
* Baylis, John, et. al., 2008. The Globalization of World Politics: An introduction to International Relations. Oxford: Oxford University Press
* Dunne, Tim, et. al., 2013. International Relations Theory: Discipline and Diversity Oxford: Oxford University Press
* Jahn, Egbert, 2015. International Politics: Political Issues under debate. Londres: Springer
* Kegley, Charles & Blanton, Shanon, 2011. World Politics – Trend and Transformation. Boston: Wadsworth
* Held, David & Maffetone, Pietro, 2016. Global Political Theory. Cambridge: Polity
* Santos, Victor Marques dos, 2001. A Humanidade e o seu Património: Reflexões contextuais sobre conceptualidade evolutiva e dinâmica opertória em Teoria das Relações Internacionais. Lisboa: ISCSP Edições
* Waltz, Kenneth, 2002. Teoria das Relações Internacionais. Lisboa: Gradiva

Planificação Semanal

Semana 1: Apresentação do programa
Semana 2: Fim da História ou o Choque das Civilizações
2.1. O conceito de Fim da História: de Hegel a Fukuyama
2.2. A ideia do Choque de Civilizações
2.3. Dinâmica de conflitos ideológicos

Semana 3: O consenso de Washington e o pós-consenso de Washington
3.1. Sinopse sobre o Consenso de Washington
3.2. Consenso de Washington Plus e Consenso de Washington Plus Plus
3.3. Pós-Consenso de Washington

Semana 4: Da Revolução de Veludo à Soberania partilhada no espaço europeu do pós-Guerra Fria
4.1. A importância da Revolução de Veludo
4.2. A ideia da política anti-política
4.3. O conceito de Soberania partilhada
4.4. O papel agregador da União Europeia na Europa Central e de Leste

Semana 5: A globalização não-linear da política económica
5.1. As fases da globalização
5.2. Os desafios ao desenvolvimento
5.3. A ideia de processo não-linear

Semana 6: A Nova (ou Velha?!) Rússia no século XXI
6.1. O messianismo Russo na era de Vladimir Putin
6.2. O conceito de Eurasianismo, no século XXI
6.3. A importância do Revisionismo Histórico para a Moscovo contemporânea

Semana 7: A mutação da China contemporânea
7.1. A Liberalização Económica do Socialismo Revolucionário
7.2. A importância da Nova Rota da Seda
7.3. O neo-colonialismo económico-político de Beijing

Semana 8: A Turquia entre a Turcofonia e o Neo-Otomanismo
8.1. O papel do AKP e a nova força do Neo-Otomanismo
8.2. A liderança da Turquia no espaço Turcófono
8.3. A ideia de Strategic Depth
8.4. Ancara e os efeitos do legado da Primavera Árabe

Semana 9: As Revoluções Coloridas no espaço pós-soviético
9.1. A Revolução Laranja na Ucrânia
9.2. A Revolução Rosa na Geórgia
9.3. A Revolução das Túlipas no Quirguistão
9.4. As contra-revoluções na segunda década do século XXI

Semana 10: Teste

Semana 11: A Primavera Árabe
11.1. Mapeamento da ideia de Primavera Árabe
11.2. O primeiro dos palcos: a Tunísia
11.3. O efeito de contágio: Egipto
11.4. O colapso de um Estado: Líbia
11.5. Revolução e guerra civil: Síria
11.6. A resiliência das Monarquias Árabes

12. O eurocepticismo e a nova (extrema-)direita europeia
12.1. O conceito de eurocepticismo
12.2. O impacto da Crise das Dívidas Soberanas na nova (extrema-)direita Europeia
12.3. O eixo iliberal: Budapeste-Varsóvia-Bucareste

Semana 13: Os desafios na Nova Esquerda Latino-Americana na contemporaneidade
13.1. O papel da utopia social na Esquerda Latino-Americana
13.2. O impacto de Hugo Chávez e de Kirchner
13.3. A esquerda Latino-Americana no pós-Chavez
13.4. O peso transformador dos impeachments Latino-Americanos

Semana 14: Teste

Semana 15: Entre a auto-determinação e o direito à integridade territorial
15.1. O conceito de Direito à Auto-Determinação
15.2. A ideia de Direito à Integridade Territorial
15.3. Análise dos diplomas legais existentes no Direito Internacional Público
15.4. Análise comparativa dos acontecimentos no Kosovo, na Abkhazia e na Catalunha

Coerência do programa para com os objetivos

O programa apresentado opta por uma estrutura quase de seminário, uma vez que a forma mais eficiente de se conhecer a área da Política Internacional Contemporânea é por via do debate, dado que este permite uma experimentação (semi-condicionada pelo docente) e possibilita a utilização de importantes ferramentas cognitivas. Deste modo os conteúdos programáticos presentes no parte I correspondem ao 1º e 2º objectivos do programa. O 3º objectivo cumpre-se com a parte II dos conteúdos programáticos e o 4º e 5º objectivos realizam-se com a parte III dos conteúdos programáticos.

Coerência dos métodos de ensino para com os objetivos

As aulas teórico-práticas, com especial enfoque nos debates, oferecem a melhor forma de se conseguirem alcançar de modo satisfatório todos os objectivos propostos. De modo a suprir as lacunas informacionais que possam decorrer de uma unidade curricular com natureza de seminário, o docente poderá socorrer-se do emprego do método expositivo e da utilização de elementos audiovisuais.

competência genérica relevantedesenvolvida?avaliada?
Análise e síntese Sim
Aptidão para aplicação na prática dos conhecimentos teóricosSim 
Capacidade crítica e de avaliaçãoSimSim
Capacidade de adaptação a novas situaçõesSim 
Capacidade de auto-critica e de auto-avaliaçãoSimSim
Capacidade de decisão  
Capacidade de investigaçãoSim 
Competência em língua estrangeiraSim 
Comportamento ético e responsável Sim
Comunicação oral e escritaSimSim
Conhecimento de outras culturas e costumesSim 
CriatividadeSim 
Gestão da informação e da aprendizagemSim 
Resolução de problemas  
Valorização da diversidade e da multiculturalidadeSimSim
Este website usa cookies para funcionar melhor e medir a performance (Diretiva da União Europeia 2009/136/EC)