Como chegar
|
Contactos

Economia e Gestão da Inovação 2018/2019

  • 5 ECTS
  • Lecionada em Português
  • Avaliação Contínua

Objetivos

Depois de concluída a unidade curricular, o aluno deverá ser capaz de: 1. Compreender a relevância dos investimentos em I&D para o reforço da cultura de inovação e do seu contributo para o negócio; 2. Saber aplicar os modelos e instrumentos para melhorar a capacidade inovadora; 3. Compreender a inovação aberta e saber valorizar as suas especificidades; 4. Reconhecer a inovação social e saber aplica-la; 5. Saber realizar autodiagnóstico á capacidade inovadora das organizações; 6. Saber implementar sistemas de gestão da Investigação, Desenvolvimento e Inovação

Pré-Requisitos Recomendados

Concluída a UC Organização de Empresas.

Método de Ensino

O método expositivo-ativo será utilizado para a lecionação dos conteúdos programáticos, complementado com a análise e discussão de artigos e casos de estudo em contexto de trabalho colaborativo. Utiliza-se ainda uma metodologia de ensino-aprendizagem tutorial, assente em dois pilares: a) treino com exercícios práticos comuns; b) aplicação a trabalhos próprios.

Conteúdos Programáticos

1º. A inovação e os seus efeitos no desenvolvimento sustentado das organizações; 2º. Natureza e Classes de Inovação e abordagem aos Modelos de Inovação; 3º. Motivações e Constrangimentos à Inovação; 4º. Instrumentos de Auto Diagnóstico da Inovação; 5º. Abordagem à Inovação Social; 6º. Abordagem à Inovação Aberta; 7º. Abordagem aos Sistemas de Gestão de Investigação, Desenvolvimento e Inovação

Bibliografia e Webgrafia Recomendada

Joe Tidd, Jonh Bessant and Keith Pavitt, Managing Innovation: Integrating Technological, Market and Organizational Change, 5th edition, 2013, John Wiley & Sons; Soumodip Sarkar, Empreendedorismo e Inovação, 3ª edição, 2014, Escolar Editora; Managing Innovation: Integrating Technological, Market And Organizational Change, by Joe Tidd John Bessant (Author), 2015 Manual do innovation Scoring da Cotec 2º. edição, 2017

Bibliografia Complementar

Ricado Vidigal da Silva e Ana Neves, Gestão de Empresas na Era do Conhecimento, 2003, Edições Silabo. Jorge Vasconcellos Sá, Magda Pereira, Fátima Olão e Elizabeth Borges, COMO INOVAR – A minha empresa é o meu primeiro emprego, 2015, Grupo Editorial Vida Económica.

Planificação Semanal

1 e 2ª.Aula: A inovação e os seus efeitos no desenvolvimento sustentado das organizações; 3º. Aula: Motivações e Constrangimentos à Inovação; 4 e 5º. Aula: Natureza e Classes de Inovação e abordagem aos Modelos de Inovação; 6º. Abordagens aos modelos de inovação; 7º. Aula: Seminário: Modelo de Inovação 9º.Aula: Abordagem à Inovação Social; 10º. Aula: Abordagem à Inovação Aberta; 10ª. Aula. Instrumentos de Auto Diagnóstico da Inovação; 11 e 12ª. Aula. Abordagem aos Sistemas de Gestão de Investigação, Desenvolvimento e Inovação; 13ª. Aula: Seminário: Industria 4.0; 14ª. Aula: Execução e apresentação do poster; 15ª. Aula Execução do Innovation Scoring a um conjunto de empresas convidadas. As datas referidas para os seminários serão confirmadas no inicio do semestre

Coerência do programa para com os objetivos

Para os objetivos 1 e 4 contribuem as matérias lecionadas no ponto 1 do programa, os quais permitirão um desenvolvimento das competências dos alunos relativamente à compreensão do contexto e sua evolução. O objetivo 2 é assegurado pelas secções 2, 3 e 4 do programa que permitirão aos alunos compreender e implementar os Modelos de Inovação. Para o objetivo 3 contribuem as matérias lecionadas no ponto 5, 6 e 7 do programa, os quais permitirão ao aluno compreender e implementar os instrumentos de Gestão da Inovação.
Para o objetivo 5 contribuem as matérias lecionadas no ponto 10 e para o 6 as lecionada nas matérias 11 e 12º.

Coerência dos métodos de ensino para com os objetivos

O método expositivo-ativo será empregue para apresentar os principais conceitos subjacentes aos objetivos da UC. O método interrogativo, a resolução de exercícios práticos e a análise e discussão de casos de estudo têm como finalidade a aquisição de competências dos seis objetivos da UC.

competência genérica relevantedesenvolvida?avaliada?
Análise e sínteseSimSim
Aptidão para aplicação na prática dos conhecimentos teóricosSimSim
Capacidade crítica e de avaliaçãoSimSim
Capacidade de auto-critica e de auto-avaliaçãoSimSim
Capacidade de decisãoSim 
Capacidade de iniciativa e espírito empreendedorSim 
Comunicação oral e escritaSimSim
CriatividadeSimSim
Gestão da informação e da aprendizagemSimSim
LiderançaSim 
Preocupação com a eficáciaSimSim
Preocupação com a qualidadeSimSim
Relacionamento interpessoalSimSim
Resolução de problemasSim 
Saber organizar, planear e gerirSim 
Trabalho em equipaSimSim
Este website usa cookies para funcionar melhor e medir a performance (Diretiva da União Europeia 2009/136/EC)