Como chegar
|
Contactos

Inovação e Empreendedorismo 2018/2019

  • 4 ECTS
  • Lecionada em Português
  • Avaliação Mista

Objetivos

Concluída esta unidade curricular, o aluno deverá ser capaz de:
1.Justificar a importância da inovação para a competitividade;
2.Avaliar e interpretar processos de inovação;
3.Interpretar, relacionar e operacionalizar os diferentes modelos de inovação;
4.Desenvolver e formular estratégias de inovação;
5.Avaliar, selecionar e usar principais instrumentos de gestão da inovação;
6.Elaborar, avaliar e implementar projetos de I&D e de inovação;
7.Explicar a relevância da gestão do conhecimento nas empresas;
8.Avaliar e comparar as diferentes estratégias de proteção da propriedade intelectual;
9.Utilizar ferramentas de gestão da inovação para mapear e medir as atividades inovadoras;
10.Justificar a importância do empreendedorismo para a criação de riqueza e emprego;
11.Otimizar a criatividade e transformá-la em ideias e explorar as ideias com a criação de um negócio;
12.Desenvolver o Modelo e o Plano de Negócios;
13.Comunicar a ideia e o negócio aos potenciais investidores

Pré-Requisitos Recomendados

n.a

Método de Ensino

As aulas são de dois tipos: sessões teóricas e sessões práticas. As sessões teóricas consistem na exposição de conteúdos. As sessões práticas consistirão na aplicação dos conhecimentos transmitidos nas sessões teóricas através da discussão de casos práticos e de textos distribuídos pelas docentes e da análise de informação diversa (nomeadamente estatísticas). Ainda durante estas aulas serão realizadas as apresentações dos trabalhos pelos alunos. Serão ainda realizados seminários com convidados sobre temas e casos relevantes para a UC.
A avaliação final é constituída por:
- ensaio individual sobre um dos conteúdos programáticos da primeira parte: ensaio escrito (25%), apresentação oral (10%)
- realização e apresentação de um plano de negócio (trabalho de grupo) : 30%
- participação nas atividades e discussão nas aulas: 15%
- teste final: 20%

Conteúdos Programáticos

I. Inovação
I.1. Introdução: questões e conceitos centrais
I.2. O processo de inovação
I.3. Modelos de inovação
I.4. Estratégia de inovação no contexto da estratégia empresarial
I.5. Inovação aberta e redes
I.6. Gestão de projetos de I&D e de inovação
I.7. Gestão do conhecimento e a propriedade intelectual
I.8. Mapeamento e medição da inovação nas empresas

II. Empreendedorismo
II.1. O conceito de empreendedorismo
II.2. Ideias e oportunidades
II.3. O modelo de negócios
II.4. O plano de negócios
II.5. Investimento e angariação de financiamento

Bibliografia e Webgrafia Recomendada

Audretsch, D. B., Falck, O., Heblich, S. & Lederer, A. (2011), Handbook of Research on Innovation And Entrepreneurship, Edward Elgar.

Bessant, J. & Tidd, J. (2018), Entrepreneurship, Chichester, Wiley.

Bessant, J. & Tidd, J. (2015), Innovation and Entrepreneurship, 3rd Edition, Chichester, Wiley.

Osterwalder, Alexander & Pigneur Yves (2011), “Criar Modelos de Negócio”, Publicações Dom Quixote.

Tidd, J. & Bessant, J. (2013), Managing Innovation: Integrating Technological, Market and Organizational Change, 5th edition, Chichester, Wiley

Bibliografia Complementar

Bygrave, W. & Zacharakis, A. (2014); Entrepreneurship – 3rd edition, John Wiley & Son.

Chesbrough, H. (2006), Open Innovation. The New Imperative for Creating and Profiting from Technology, Harvard Business School Press.

Hall, B. & Rosenberg, N. (eds.) (2010), Handbook of the Economics of Innovation, Amesterdam, Elsevier.

Planificação Semanal

.

Coerência do programa para com os objetivos

s capítulos I.1 e I.2 permitem a concretização dos objetivos 1 e 2.
O capítulo I.3 visa a concretização do objetivo 3.
Os capítulos I.4 e I.5 estão associados aos objetivos 4 e 5.
O capítulo I.6 contribui para a prossecução do objetivo 6.
O capítulo I.7 contribui para a concretização dos objetivos 7 e 8.
O capítulo I.8 contribui para a realização do objetivo 9.
O capítulo II.1 permite concretizar o objetivo 10.
Os capítulos II.2 e II.3. estão associados ao objetivo 11.
Os capítulos II.3 e II.4. contribuem para o objetivo 12.
Finalmente, o capítulo II.5 visa o objetivo 13.

Coerência dos métodos de ensino para com os objetivos

As aulas teórico-práticas estão fundamentalmente direcionadas para os objetivos 1, 3, 7, 8 e 9.
As aulas práticas estão fundamentalmente direcionadas para os objetivos 2, 4, 5, 6, 10 e 11, 12 e 13.
O trabalho autónomo apoiado por tutorias e traduzido no ensaio individual está fundamentalmente direcionado para os objetivos 2 a 8. Por seu lado, o trabalho de grupo está fundamentalmente direcionado para os objetivos 11 a 13.

competência genérica relevantedesenvolvida?avaliada?
Análise e sínteseSimSim
Aptidão para aplicação na prática dos conhecimentos teóricosSimSim
Capacidade crítica e de avaliaçãoSimSim
Capacidade de adaptação a novas situaçõesSimSim
Capacidade de decisãoSimSim
Capacidade de iniciativa e espírito empreendedorSimSim
Capacidade de investigaçãoSimSim
Competência em informática e uso de novas tecnologias  
Competência em língua estrangeira  
Comportamento ético e responsávelSimSim
Comunicação oral e escritaSimSim
CriatividadeSimSim
Preocupação com a eficáciaSimSim
Preocupação com a qualidadeSimSim
Resolução de problemasSim 
Saber organizar, planear e gerirSimSim
Trabalho em equipaSimSim
Este website usa cookies para funcionar melhor e medir a performance (Diretiva da União Europeia 2009/136/EC)