Como chegar
|
Contactos
Perguntas
Frequentes

Conheça aqui os mestrados disponíveis!

Calendário 2020/2021 

Estudantes nacionais/internacionais 

1ª fase

Início Fim

Candidaturas à 1ª fase

17 fevereiro 17 abril

Afixação dos resultados

8 maio  

Reclamações

8 maio 10 maio

Matriculas e Inscrições

1 setembro 25 setembro

2ª fase

Início Fim

Candidaturas à 2ª fase

1 maio 10 julho

Afixação dos resultados

31 julho  

Reclamações

31 julho 3 agosto

Matriculas e Inscrições

1 setembro 25 setembro

3ª fase (vagas sobrantes)

Início Fim

Candidaturas à 3ª fase

27 julho 16 outubro

Afixação dos resultados

22 outubro  

Reclamações

22 outubro 23 outubro

Matriculas e Inscrições

24 outubro 28 outubro

 

Nota: De acordo com as deliberações do CC poderá a Universidade Portucalense abrir outras fases de candidatura para o Ingresso nos cursos de Mestrado.

 

Nota: De acordo com as deliberações do CC poderá a Universidade Portucalense abrir outras fases de candidatura para o Ingresso nos cursos de 2º ciclo.

Quem pode candidatar-se a um Mestrado?

2º ciclo de estudos
  • Os titulares de grau de licenciado ou equivalente legal;
  • Os titulares de um grau académico estrangeiro conferido na sequência de um 1º ciclo de estudos organizado de acordo com os princípios do processo de Bolonha por um Estado aderente a esse processo;
  • Os titulares de um grau académico superior estrangeiro que seja reconhecido como satisfazendo os objetivos do grau de licenciado pelo Conselho Científico da Universidade Portucalense;
  • Os detentores de currículo escolar, científico ou profissional, que seja reconhecido pelo Conselho Científico da Universidade Portucalense, como atestando capacidade para realizar este ciclo de estudos.

Atendendo ao seu percurso académico e profissional, os candidatos podem apresentar um pedido de Requerimento de Reconhecimento e Creditação de Competências, que poderá conferir equivalências a unidades curriculares do curso de Mestrado. Os detentores do grau de licenciado Pré-Bolonha que possuam mais de 5 anos de experiência profissional na área do mestrado, podem solicitar a substituição da dissertação por um relatório detalhado sobre a atividade profissional segundo o regulamento em vigor.

Documentação para candidatura

  • documento de identificação
  • fotografia, tipo passe
  • documentos que comprovem as habilitações académicas (fotocópias autenticadas)
  • CV atualizado

Documentação para candidatura para titulares de um grau académico superior estrangeiro 

  • Modelo Próprio, Reconhecimento de que o grau académico satisfaz os objetivos do grau de licenciado, para efeitos de candidatura a um curso de mestrado, solicitando reconhecimento prévio pelo Conselho Científico da habilitação de acesso
  • Documento de Identificação
  • Fotografia, tipo passe 
  • Documento comprovativo de titularidade do grau académico superior estrangeiro  com indicação da nota final (*)
  • Certidão discriminada das unidades curriculares que constituem o plano curricular do grau académico (*)
  • CV atualizado

(*) Os documentos devem ser traduzidos para português, sempre que não forem emitidos em português, inglês, francês ou espanhol e visados pelo serviço consular ou apresentados com a aposição da Apostila de Haia pela autoridade competente do Estado de onde é originário o documento.

 

Mudança de par instituição/curso e Reingresso

De acordo com a nova Portaria nº 181-D/2015 de 19 de junho, a mudança de curso e transferência foi substituída por um único regime denominado “mudança de par instituição/curso”.

Não é permitida a mudança de par instituição/curso no ano letivo em que o estudante tenha sido colocado em par instituição/curso de ensino superior ao abrigo de qualquer regime de acesso e ingresso e se tenha matriculado e inscrito.

A mudança de par instituição/curso e o reingresso são requeridos à Direção dos Serviços Académicos, em modelo próprio.

Documentação para candidatura·       

  • Formulário de candidatura, devidamente preenchido;
  • Documento de Identificação;
  • Fotografia, tipo passe;
  • Original ou cópia autenticada do documento comprovativo da matrícula no estabelecimento de ensino de origem (com exceção dos candidatos da UPT) (*);

Se desejar solicitar equivalências:

 

(*) Estes documentos devem ser autenticados de acordo com legislação em vigor (Decreto-lei 28 de 13/03/2000).

Mais Informações

Para informações sobre o processo de candidatura por favor consulte os regulamentos relevantes abaixo ou contacte diretamente com o nosso Gabinete de Ingresso. Para informações de caráter pedagógico/científico consultar os coordenadores de curso

 

Este website usa cookies para funcionar melhor e medir a performance (Diretiva da União Europeia 2009/136/EC)