Como chegar
|
Contactos
Perguntas
Frequentes

Acolhimento ‘online’ com mensagem de esperança

Acolhimento ‘online’ com mensagem de esperança

No contexto de evolução da pandemia e da declaração de estado de calamidade em Portugal desde o dia 15 de outubro, o acolhimento dos estudantes do 1º ano do 1º ciclo decorreu nos dias 15 e 16, em formato ‘online’ com sessões departamentais, culminado com uma Sessão Institucional de Boas-vindas. 

Armando Jorge Carvalho, Presidente do Conselho de Administração, Sebastião Feyo de Azevedo, Reitor, Bruno Cruz, Presidente da Associação de Estudantes, e Fernando Pimenta, Canoísta e Campeão Mundial de Canoagem, participaram na cerimónia de receção dos novos alunos, apresentada pela Diretora de Comunicação e Marketing, Cláudia Carvalho.

Armando Jorge de Carvalho, Presidente do Conselho de Administração, começou por dizer que a receção dos novos alunos “é um primeiro passo de um importante processo de integração na comunidade e na academia em geral”, sendo “o corolário de um esforço individual que permitiu ultrapassar os desafios do ensino secundário”. 

Dirigindo-se aos novos alunos, salientou que “esta é uma nova etapa que exige dedicação, motivação, disciplina e, essencialmente, atitude, para que possam perspetivar um futuro sólido e próspero”. Defendeu que a Universidade Portucalense está focada no “desenvolvimento integral dos estudantes”, procurando fomentar a cidadania, os valores morais, éticos, sociais, científicos e profissionais, preparando os estudantes para darem a sua contribuição para o desenvolvimento de uma sociedade mais sustentável”. 

Na ocasião, revelou que o número de estudantes inscritos na Universidade Portucalense voltou a aumentar neste ano letivo. “Ainda com a primeira fase de candidaturas a decorrer, verificámos um aumento de 32% em relação ao ano letivo anterior”. Um crescimento que justifica ser o resultado do “reconhecimento do trabalho desenvolvido por toda uma equipa, docentes e funcionários, que nos acompanha nesta caminhadae tem contribuído para o reforço do capital de prestígio adquirido pela instituição”.

Finalizou deixando confiança e pedindo um compromisso: “Neste tempo conturbado e de inquietação provocado pela pandemia, a Universidade Portucalense implementou todas as medidas sanitárias para prevenir o contágio da doença covid-19, permitindo que todos possam trabalhar com a maior segurança possível. Estão garantidas todas as condições, sendo, porém, importante que cada um assuma a sua responsabilidade desse cumprimento com a saúde sanitária de modo a proteger-se a si próprio, à sua família e a toda a comunidade”.

O Reitor da Universidade Portucalense, Sebastião Feyo de Azevedo, centrou a sua intervenção nas expectativas formuladas para os novos alunos: “Esperamos que trabalhem e estudem muito, tenham uma evolução humanista e global e, para além de estudarem, se envolvam em atividades associativas, culturais, desportivas e de voluntariado que são muito importantes para a vossa formação”. 

Falou do modelo de aprendizagem híbrida adotado pela Universidade, que envolverá trabalho presencial e a distância, como resultado de uma evolução tecnológica e sociológica. Terminou, reforçando a importância do desporto no desenvolvimento pessoal de “valores extraordinários, como a resiliência e espírito de sacrifício”, desejando a todos a criação de um “espírito vencedor”.

Antes da intervenção final de Fernando Pimenta, Bruno Cruz, presidente da Associação de Estudantes, apelou à união e à responsabilidade de todos no cumprimento das regras sanitárias para um regresso mais rápido à normal vida académica.

Fernando Pimenta, o canoísta português mais galardoado de sempre, deixou vários conselhos aos estudantes que entram na Universidade pela primeira vez. Para o vencedor da medalha de prata nos Jogos Olímpicos de Londres 2012 e Campeão do Mundo em 2017, “cada estudante deve identificar o seu talento e trabalhar muito. Assim como no desporto, no estudo é preciso trabalhar diariamente, é preciso ter método e objetivos”, frisou.

“A lealdade, a humildade e a amizade devem estar sempre presentes, e todos têm de remar para o mesmo lado [Universidade e alunos]. Sonhem e trabalhem pelos vossos sonhos. Os sonhos dão muito trabalho. O caminho é difícil, encontramos muitos obstáculos e temos que encontrar soluções para os problemas. Nunca desistam! Sejam amigos e boas pessoas. Sejam íntegros, tenham princípios e respeitem esses princípios”.

Este website usa cookies para funcionar melhor e medir a performance (Diretiva da União Europeia 2009/136/EC)