Como chegar
|
Contactos

Especialista em Educação defende a "Aprendizagem-Serviço"

Especialista em Educação defende a "Aprendizagem-Serviço"

Pilar Higuera, docente da Universidade Autónoma de Madrid, partilhou o seu conhecimento e experiência, ao nível da metodologia de Aprendizagem e Serviço, também conhecida por ‘Service Learning’ ou ‘Experiential Learning’.

Para a especialista em Educação, a aprendizagem-serviço implica que o conhecimento e as atividades das universidades sejam aplicados na resolução de problemas da comunidade. “Aprender prestando um serviço à comunidade é muito poderoso, porque estamos a criar cidadãos competentes, capazes de transformar a sociedade”, sublinhou.

Apresentou a aprendizagem-serviço como uma forma de educação experiencial, que possibilita ensinar a responsabilidade cívica e fortalecer a comunidade. Exemplificou que o ambiente, a promoção da saúde, a participação cívica, o património cultural e a solidariedade são algumas das áreas nas quais podem ser desenvolvidos os serviços das universidades. 

No seu entender, esta experiência de aprendizagem é fundamental para os alunos desenvolverem competências, como a capacidade de análise, organização, comunicação, aprendizagem autónoma, espírito empreendedor, criatividade, trabalho em equipa e compromisso ético.

“Aprende-se melhor quando se coloca em prática o que se tenta aprender, e aprende-se mais quando a prática está vinculada a uma necessidade social, porque origina um compromisso”, realçou.

Esta formação, dirigida a docentes e colaboradores, foi promovida pelo CET@UPT – Center for Excellence in Teaching e decorreu no dia 17 de junho.

 

 

Este website usa cookies para funcionar melhor e medir a performance (Diretiva da União Europeia 2009/136/EC)