Testemunho – Cristina Garrido

cristina-garrido

A decisão de fazer este mestrado surgiu quando recebi um mail da UPT a anunciar o mestrado. Nessa altura tinha acabado de integrar numa equipa dum projecto europeu em que uma das componentes era IoT, e era a primeira vez que o conteúdo dum mestrado se enquadrava no âmbito do meu trabalho profissional – programação de sistemas e aplicações que recolhem dados de máquinas/equipamentos e os integram em bases de dados de sistemas de informação de mais alto nível. O meu objetivo era dotar-me de competências a nível de programação de linguagens orientadas por objectos e direcionadas para IoT. Com mais de 29 anos de experiência a trabalhar com este tipo de interfaces, este mestrado vai-me abrir horizontes, porque a verdadeira experiência vem da prática, de fazer sistemas reais (não simulações) em que são inúmeras e inimagináveis as dificuldades com que nos deparamos num ambiente de laboratório.

Cristina Garrido

|
Estudante
Voltar ao topo