Mestrado em Informática – Especialização em Sistemas de Informação

DURAÇÃO

2 anos

ECTS

120

VAGAS

25

REGIME

Pós-Laboral

CURSO

Mestrado

IDIOMAS

PT

DURAÇÃO

2 anos

ECTS

120

VAGAS

25

REGIME

Pós-Laboral

CURSO

Mestrado

IDIOMAS

PT

SINGULARIDADES DO CURSO

  • Formação científica e profissional avançada em Sistemas de Informação que permite respondam às necessidades/objetivos das organizações
  • Adquirir e alargar competências em SI que  permitirão reconhecer e acomodar as mudanças e instabilidade no ambiente económico
  • Adquirir competências que permitirão potenciar o negócio através da utilização da tecnologia e conduzir e liderar atividades de intervenção  de SI

O Mestrado em Informática – Especialização em Sistemas de Informação (MI-ESI) visa uma formação especializada em sistemas de informação modernos e, flexíveis aos objetivos e necessidades da organização e que contribuem para atingir os objetivos estratégicos dessa mesma organização. O curso oferece aos estudantes a oportunidade de adquirir e alargar competências que lhes permitirá reconhecer e acomodar as mudanças e instabilidade no ambiente de negócios criado por desenvolvimentos sociais, econômicos, políticos e técnicos. Os estudantes serão capazes de potenciar o negócio através da utilização da tecnologia e conduzir e liderar atividades de intervenção de SI, usando as melhores práticas.

Para além da formação científica e profissional avançada em Sistemas de Informação, o pensamento crítico e criativo em relação às tecnologias e sistemas de informação, empreendedorismo e processos de desenvolvimento sustentáveis são, também, potenciados.

É nossa missão, contribuir para que o profissional de SI não abrace empregos, mas sim projetos com flexibilização, proatividade, procura de novos desafios e aprendizagem sustentável e ao longo da vida, resumindo, ser um profissional determinado na sua carreira!

No 2º ano do curso, as competências adquiridas e desenvolvidas serão complementadas através da realização de uma dissertação de perfil científico, ou de um projeto ou estágio em contexto empresarial, que contribuirá para a resolução de problemas/necessidade de uma empresa.

 

Publicação em Diário da República, 2ª série - N.º 115 - 16 junho 2020 - Anúncio n.º 138/2020

O MI-ESI permite aos estudantes adquirir competências técnicas especializadas e competências comportamentais, adequadas e necessárias a um melhor desempenho profissional, dados os contantes desafios organizacionais e sociais na era digital.

O curso dispõe de um corpo docente maioritariamente doutorado em universidades de referência, o que introduz uma dinâmica e pluralidade de visões que enriquece a formação, assim como profissionais especialistas com vasta experiência em implementação e gestão de Sistemas de Informação de suporte à organização.

Ao longo dos dois anos o curso, por um lado, integra um conjunto de seminários em áreas emergentes dirigidos por prestigiados profissionais e professores de universidades estrangeiras e, por outro lado, permite que estudantes provenientes de cursos do 1.º ciclo adquiram competências técnicas e comportamentais tão procuradas pelo setor empresarial.

Como é característico nos cursos do DCT, é oferecido um ensino de proximidade, garantindo qualidade da formação e consequentemente sucesso na colocação dos mestrandos.

  • CIO (Chief Information Officer);
  • Analista de negócio;
  • Gestor de projetos de SI/TI;
  • Consultor de SI;
  • Empreendedor na área de SI/TI;
  • Analista de sistemas.

Para a especialização em Sistemas de Informação, os estudantes deverão ter um conjunto de competências de forma a:

  • Perceber as razões organizacionais, sociais e culturais do sucesso da adoção das tecnologias e sistemas de informação;
  • Redesenhar processos organizacionais que visem a melhoria contínua;
  • Planear, executar, conduzir e controlar atividades de intervenção de sistemas de informação;
  • Selecionar e usar as melhores práticas e referenciais de gestão e de governança de sistemas de informação;
  • Avaliar e selecionar tecnologias que permitam a conceção eficiente e inovadora de soluções de SI/TI em diferentes contextos;
  • Utilizar as melhores práticas e standards relacionados com a gestão de projetos de SI/TI;
  • Adquirir espírito crítico e atitude reflexiva;
  • Familiarizar-se com o processo de I&D, acompanhando a evolução do corpo de conhecimento da área, e participar no seu desenvolvimento;
  • Adquirir postura de liderança, sentido de responsabilidade ética e profissional.

O presente diploma confere a habilitação no Mestrado em Informática (120 ECTS) ou, com a conclusão do 1º ano, Especialização em Informática (60 ECTS).

O Mestrado está organizado em 2 semestres que corresponde à estrutura curricular, mais 1 ano dedicada à preparação, realização e apresentação da defesa de uma dissertação, ou relatório de estágio ou trabalho de projeto.
O curso equivale a 60 ECTS à parte curricular e 60 ECTS à preparação, realização e apresentação da dissertação, ou relatório de estágio ou trabalho de projeto, o que perfaz um total de 120 créditos ECTS nas seguintes áreas científicas:

O Mestrado está organizado em 2 semestres que corresponde à estrutura curricular, mais 1 ano dedicada à preparação, realização e apresentação da defesa de uma dissertação, ou relatório de estágio ou trabalho de projeto.
O curso equivale a 60 ECTS à parte curricular e 60 ECTS à preparação, realização e apresentação da dissertação, ou relatório de estágio ou trabalho de projeto, o que perfaz um total de 120 créditos ECTS nas seguintes áreas científicas:

Área Científica ECTS Obrigatórios ECTS Opcionais
TI
Tecnologias de Informação
6,5
9
SI
Sistemas de Informação
96,5
3
AL
Área Livre
5

1ºano

1º Semestre Área Científica ECTS
Gestão da Inovação
2.5 SI + 2.5 TI
5
Gestão e Avaliação de Projetos SI/TI
3 SI + 3 TI
6
Seminário
1 SI + 1 TI
2
Técnicas Avançadas de Modelação
SI
5
Opção 1
TI
6
Opção 2
3 SI + 3 TI
6
2º Semestre Área Científica ECTS
Estratégia Organizacional e Sistemas de Informação
SI
6
Gestão de Processos de Negócios
SI
6
Governança em SI
SI
6
Soluções de Gestão Integradas
SI
7
Opção
AL
5

2ºano

Anual Área Científica ECTS
OP - Dissertação
SI
60
OP - Estágio
SI
60
OP - Projeto
SI
60

Nota: As UCs opcionais disponíveis serão definidas anualmente pela Direção do Departamento.

COORDENAÇÃO

CONTACTOS

Maria João Ferreira

mjoao@upt.pt

DCT/ Departamento de Ciência e Tecnologia

Mestrado em Informática: Especialização em Sistemas de Informação

Gabinete de Ingresso

Atendimento online: ingresso@upt.pt

(+351) 800 270 201

Candidaturas*

176,00 €

Matrícula (ato único por curso)

326,00 €

Seguro Escolar

32,00 €

Inscrição

setembro

Valor isento no ano da matrícula**

fevereiro

187,00 €

*Isenta para antigos alunos (com curso que confere grau concluído na UPT)
**Isenção será aplicada em Fevereiro caso o aluno apenas se inscreva no 2º semestre, no ano da matrícula

Dentro do Prazo

Fora do Prazo

Candidaturas

Isento

-

Matrícula (ato único por curso)

326,00€

-

Inscrição

setembro

Isento**

-

fevereiro

187,00€

196,00€

**Isenção será aplicada em fevereiro caso o aluno apenas se inscreva no 2º semestre, no ano da matrícula

Propina de Frequência (p/ 60 ECTS)

11 Prestações (setembro a julho)

Mensal

368,20 €

Desconto de 3% setembro

Único

3.928,50 €

Propina de Frequência (p/ 30 ECTS)

5 Prestações (setembro a janeiro ou fevereiro a junho)

Mensal

405,00 €

Desconto de 2% setembro ou fevereiro

Semestral

1.984,50 €

Valor por ECTS

13,50 €

Propina mínima obrigatória (10 ECTS)

Mensal

135,00 €

Dentro do Prazo

Fora do Prazo

Ato único (1 prestação)

julho a setembro

326,00 €

343,00 €

Ato único (2 prestações)

setembro

187,00 €

196,00 €

fevereiro

187,00 €

196,00 €

Propina de Frequência

50% dos preçários da parte curricular

***E anos seguintes, no caso de não conclusão do curso em 2 anos.

Candidatura

176,00 €

Cursos em Português

Matrícula

326,00 €

Inscrição

187,00 €

Propina Anual

3.928,50 €

Cursos em Inglês

Propina Anual

5.200,00 €

Candidaturas*

176,00 €

Matrícula (ato único por curso)

326,00 €

Seguro Escolar

32,00 €

Inscrição

setembro

Valor isento no ano da matrícula**

fevereiro

187,00 €

*Isenta para antigos alunos (com curso que confere grau concluído na UPT)
**Isenção será aplicada em Fevereiro caso o aluno apenas se inscreva no 2º semestre, no ano da matrícula

Dentro do Prazo

Fora do Prazo

Candidaturas

Isento

-

Matrícula (ato único por curso)

326,00€

-

Inscrição

setembro

Isento**

-

fevereiro

187,00€

196,00€

**Isenção será aplicada em fevereiro caso o aluno apenas se inscreva no 2º semestre, no ano da matrícula

Propina de Frequência (p/ 60 ECTS)

11 Prestações (setembro a julho)

Mensal

368,20 €

Desconto de 3% setembro

Único

3.928,50 €

Propina de Frequência (p/ 30 ECTS)

5 Prestações (setembro a janeiro ou fevereiro a junho)

Mensal

405,00 €

Desconto de 2% setembro ou fevereiro

Semestral

1.984,50 €

Valor por ECTS

13,50 €

Propina mínima obrigatória (10 ECTS)

Mensal

135,00 €

Dentro do Prazo

Fora do Prazo

Ato único (1 prestação)

julho a setembro

326,00 €

343,00 €

Ato único (2 prestações)

setembro

187,00 €

196,00 €

fevereiro

187,00 €

196,00 €

Propina de Frequência

50% dos preçários da parte curricular

***E anos seguintes, no caso de não conclusão do curso em 2 anos.

Candidatura

176,00 €

Cursos em Português

Matrícula

326,00 €

Inscrição

187,00 €

Propina Anual

3.928,50 €

Cursos em Inglês

Propina Anual

5.200,00 €

De acordo com o estipulado no Art. 12º do Regulamento do ciclo de estudos conducente ao grau de Mestre da UPT, podem candidatar-se ao Mestrado em Informática da UPT:

  1. Os titulares de grau de licenciado ou equivalente legal;
  2. Os titulares de um grau académico superior estrangeiro conferido na sequência de um 1.º ciclo de estudos organizado de acordo com os princípios do Processo de Bolonha por um Estado aderente a este Processo;
  3. Titulares de um grau académico superior estrangeiro que seja reconhecido como satisfazendo os objetivos do grau de licenciado pelo órgão científico estatutariamente competente do estabelecimento de ensino superior onde pretendem ser admitidos;
  4. Detentores de um currículo escolar, científico ou profissional que seja reconhecido como atestando capacidade para realização deste ciclo de estudos pelo órgão científico estatutariamente competente do estabelecimento de ensino superior onde pretendem ser admitidos.

Os critérios de seriação são definidos nas normas regulamentares do curso.

Os candidatos ao acesso ao 2.º ciclo de estudos em Informática são seriados com base na valorização de mérito resultante da média ponderada, conforme Anexo II, das Normas Regulamentares 2.º ciclo em Informática.

1ª Fase Início Fim
Candidaturas à 1ª fase
4 abril
20 maio
Afixação dos resultados
27 maio
Reclamações
27 maio
30 maio
2ª Fase Início Fim
Candidaturas à 2ª fase
30 maio
22 julho
Afixação dos resultados
29 julho
Reclamações
29 julho
2 agosto
Matriculas e Inscrições para a 1ª e 2ª fase
2 de agosto
16 agosto
3ª Fase Início Fim
Candidaturas à 3ª fase
2 agosto
29 setembro
Afixação dos resultados
6 outubro
Reclamações
6 outubro
7 outubro
Matriculas e Inscrições
7 outubro
14 outubro

NOTA: De acordo com as deliberações do CC poderá a Universidade Portucalense abrir outras fases de candidatura para o Ingresso nos cursos de 2º ciclo.

2º CICLO DE ESTUDOS
  • Os titulares de grau de licenciado ou equivalente legal;
  • Os titulares de um grau académico estrangeiro conferido na sequência de um 1º ciclo de estudos organizado de acordo com os princípios do processo de Bolonha por um Estado aderente a esse processo;
  • Os titulares de um grau académico superior estrangeiro que seja reconhecido como satisfazendo os objetivos do grau de licenciado pelo Conselho Científico da Universidade Portucalense;
  • Os detentores de currículo escolar, científico ou profissional, que seja reconhecido pelo Conselho Científico da Universidade Portucalense, como atestando capacidade para realizar este ciclo de estudos.
Atendendo ao seu percurso académico e profissional, os candidatos podem apresentar um pedido de Requerimento de Reconhecimento e Creditação de Competências, que poderá conferir equivalências a unidades curriculares do curso de Mestrado. Os detentores do grau de licenciado Pré-Bolonha que possuam mais de 5 anos de experiência profissional na área do mestrado, podem solicitar a substituição da dissertação por um relatório detalhado sobre a atividade profissional segundo o regulamento em vigor.

  • documento de identificação
  • fotografia, tipo passe
  • documentos que comprovem as habilitações académicas (fotocópias autenticadas)
  • CV atualizado

  • Modelo Próprio, Reconhecimento de que o grau académico satisfaz os objetivos do grau de licenciado, para efeitos de candidatura a um curso de mestrado, solicitando reconhecimento prévio pelo Conselho Científico da habilitação de acesso
  • Documento de Identificação
  • Fotografia, tipo passe
  • Documento comprovativo de titularidade do grau académico superior estrangeiro com indicação da nota final (*)
  • Certidão discriminada das unidades curriculares que constituem o plano curricular do grau académico (*)
  • CV atualizado

(*) Os documentos devem ser traduzidos para português, sempre que não forem emitidos em português, inglês, francês ou espanhol e visados pelo serviço consular ou apresentados com a aposição da Apostila de Haia pela autoridade competente do Estado de onde é originário o documento.

De acordo com a nova Portaria nº 181-D/2015 de 19 de junho, a mudança de curso e transferência foi substituída por um único regime denominado “mudança de par instituição/curso”.

Não é permitida a mudança de par instituição/curso no ano letivo em que o estudante tenha sido colocado em par instituição/curso de ensino superior ao abrigo de qualquer regime de acesso e ingresso e se tenha matriculado e inscrito.

A mudança de par instituição/curso e o reingresso são requeridos à Direção dos Serviços Académicos, em modelo próprio.

  • Formulário de candidatura, devidamente preenchido;
  • Documento de Identificação;
  • Fotografia, tipo passe;
  • Original ou cópia autenticada do documento comprovativo da matrícula no estabelecimento de ensino de origem (com exceção dos candidatos da UPT) (*);
Se desejar solicitar equivalências: (*) Estes documentos devem ser autenticados de acordo com legislação em vigor (Decreto-lei 28 de 13/03/2000).

Para informações sobre o processo de candidatura por favor consulte os regulamentos relevantes abaixo ou contacte diretamente com o nosso Gabinete de Ingresso. Para informações de caráter pedagógico/científico consultar os coordenadores de curso

Voltar ao topo