Como chegar
|
Contactos

Prof. Doutora Micaela Moreira Pinho

foto do colaborador
Professor Auxiliar
Doutorada em Ciências Economicas
Regime Tempo Integral
Departamento de Economia e Gestão
mpinho@upt.pt
GrauObtido no AnoInstituiçãoÁrea Científica
Doutor2009Universidade do MinhoEconomia
Mestre2002Universidade do MinhoEconomia
Licenciatura1996Universidade Lusíada PortoEconomia
Tipo de AssociaçãoNome do CentroAvaliação Reconhecida pela FCTDescrição
Membro IntegradoResearch on Economics, Management and Information TechnologiesEm avaliaçãoÁreas investigação: Economia, Gestão e Informática
Membro IntegradoUnidade de Investigação em Governança, Competitividade e Políticas Públicas (GOVCOPP)ExcelenteCompetitividade, Inovação e Sustentabilidade; Políticas Públicas, Instituições e Inovação; Turismo e Desenvolvimento;Sistemas de apoio à decisão
AnoDescriçãoLink para Repositório
2018Pinho, M. e Botelho, A. (2018) Inference procedures to quantify the efficiency-equality trade-off in health from stated preferences: A case study in Portugal. Applied Health Economics & Health Policy. (Forthcoming): doi. 10.1007/s40258-018-0394-6Link
2018Pinho, M.; Borges, A.; Petricevic, D. Bedside healthcare rationing dilemmas: A survey from Croatia. International Journal of Human Rights in Healthcare, 11(3), 153-164.https://doi.org/10.1108/IJHRH-02-2018-0022Link
2017Borges, A.; Pinho, M. Should lifestyle be a criterion for healthcare rationing? Evidence from a Portuguese survey.Link
2017Pinho, M. e Pinto, A. (2017) "Que princípios éticos devem definir o estabelecimento de prioridades entre doentes? Revista Crítica Ciências Sociais, 113: 129-48.Link
2017Pinho, M.; Borges, A. & Zahariev, B. (2017) Bedsides healthcare rationing dilemmas: A survey from Bulgaria and comparison with Portugal. Social Theory & Health: 1-17 doi: 10.1057/s41285-017-0029Link
2017Pinho, M.; Borges, A. (2017) Relative Importance Assigned to Health Care Rationing Principles at the Bedside: Evidence from a Portuguese and Bulgarian Survey. The Health Care Manager, 36(4), 334–341.Link
2017Pinho, Micaela; Borges, A.; Cookson, R. (2017) “Do healthcare professionals have different views about healthcare rationing than college students? A mixed methods study in Portugal" Public Health Ethics. forthcoming. doi: org/10.1093/phe/phx005Link
2016Pinh, M. Critérios Sociais e Éticos de Priorização de Pacientes: Uma Pesquisa a Estudantes e Profissionais de Saúde em Portugal” Ciência & Saúde Coletiva, 21(12): 3917-3926Link
2016Pinho, Micaela Comparing professional and non professionals views about equity efficiency trade-offs in healthcare rationing. 3rd World Congress of Research in Health. Viseu, Portugal (29-30 September 2016), publicado in Atención PrimariaLink
2016Pinho, Micaela e outros (2015) "Economia Industrial: Teoria e Exercícios Práticos" Edições Sílabo. Lisboa
2015Pinho, M.; Borges, A. & Cookson, R. (2015) Do Health Professionals hold different views about healthcare rationing than students? A mixed method study in Portugal - Atas do II International Health Congress Gaia-Porto. Porto. (19-21 November, 2015)Link
2015Pinho, Micaela & Borges, A. "Bedside healthcare rationing dilemmas: a survey from Portugal” International Journal of Human Rights in Healthcare, 8(4): 1-13Link
2015Pinho, Micaela (2015) "Macroeconomia - Teoria e Prática Simplificada" Edições Sílabo. Lisboa.
2014Pinho, M. "Ethical principles of justice in microallocation healthcare resources" 1st World Congress of Research in Health. Viseu, Portugal (7-8 October 2014), publicado in Atención PrimariaLink
2014Pinho, M. (2014) "The dilemma of managing scarce health care resources; evidence of the conflict between economic or ethicalLink
2014Pinho, M.; Botelho, A. e Veiga, P. (2013) "Who and How should participate in health care priority setting? Evidence from a Portuguese survey”. Revista Portuguesa de Saúde Pública, 31 (2): 214-222;Link
2014Pinho, M.; Botelho, A. e Veiga, P. (2014) "The Conflict between Efficiency and Equality in Health Outcomes: Determination of SWF Parameters” in Intercultural Dialogue on Health Economics, Management and Policy: Challenges and Chances edited by Sabi
2014Sousa, F.; Mendes, P. (Coord); Pinho, M. et al. (2014) “Dicionário de Relações Internacionais”. Cepese/ Afontamento. Porto.
2012Pinho, Micaela (2012) “Microeconomia Teoria e Prática Simplificada” Edições Sílabo. Lisboa
2010Pinho, M. (2010) “O racionamento dos recursos da saúde através do estabelecimento de prioridades: Uma perspectiva social” Colecção Teses. Universidade Lusíada Editora. Lisboa.
2010Pinho, M.; Botelho, A. e Veiga, P. (2010) "Racionamento Explícito dos Cuidados de Saúde: Quem Deve Participar na Tomada de Decisões?” Actas do I Congresso Internacional da Saúde Gaia, 23-25 Setembro 2010. Escola Superior de Tecnologia da Saúde do i
2010Pinho, M.; Veiga, P. (2010) "Racionamento dos Cuidados de Saúde e a participação da sociedade: Revisão do debate”. Revista Portuguesa de Saúde Pública nº 18(2), pp. 119-126;Link
2010Rodrigues, P.; Pinho, Micaela; Oliveira, R. (2010) “Estatística em Ciências Humanas e Sociais” Universidade Lusíada Editora. Lisboa.
2009Pinho, M. e Veiga, P. (2009) “Avaliação de Custo-Utilidade como Mecanismo de Afectação dos Escassos Recursos em Saúde: Revisão do Debate”, Cadernos de Saúde Pública / Reports in Public Health Nº 2, Volume 25, pp. 239-250;Link
2008Pinho, M. (2008) “Fórum: Racionamento dos Cuidados de Saúde – Introdução”. Cadernos de Saúde Pública / Reports in Public Health Nº 3, Volume 24, pp. 687-689Link
2008Pinho, M. e Veiga, P. (2008) “Fórum: Racionamento dos Cuidados de Saúde – Problemática Inerente”. Cadernos de Saúde Pública / Reports in Public Health Nº 3, Volume 24, pp. 687-709Link
Este website usa cookies para funcionar melhor e medir a performance (Diretiva da União Europeia 2009/136/EC)