Como chegar
|
Contactos
Perguntas
Frequentes
Saiba mais
sobre este curso
×

Licenciatura em Psicologia

O 1º ciclo de estudos em Psicologia pretende contribuir para a formação inicial dos Psicólogos, de acordo com as diretrizes internacionais da EuroPsy, a Certificação Europeia em Psicologia, e da Ordem dos Psicólogos Portugueses, com vista à normalização da formação tanto a nível nacional quanto europeu. 

 

 

60 vagas totais para candidatura.

duração de 3 anos

Anúncio n.º 205/2014 in Diário da República, 2.ª série — N.º 151 — 7 de agosto de 2014

Coordenação:

Alexandra  Araújo (PhD)

 

 

Porquê escolher este curso?

A proposta de estudos no âmbito do 1º ciclo na área da Psicologia assenta numa metodologia de ensino ativa que privilegia, a par da construção do conhecimento científico, a realização de investigação científica e o contacto com o exercício da profissão de psicólogo através de atividades curriculares e extra-curriculares. Este ciclo de estudos pretende efetuar a preparação para o mestrado ao nível da investigação científica, através de um percurso pelas diferentes áreas da Psicologia.

O curso procura apoiar os/as estudantes na aquisição e desenvolvimento de competências específicas nas áreas de especialização da Psicologia, contribuindo assim para uma escolha mais consciente e informada acerca da área de especialização a seguir no âmbito do 2º ciclo de estudos. Procura ainda apoiar os estudantes a adquirir e desenvolver sólidas competências no âmbito da investigação científica em Psicologia, que incluam a proficiência na disseminação de resultados.

O que dizem os nossos alunos

Fabiana Magalhães

No que concerne à Psicologia na UPT posso afirmar que é uma licenciatura bastante completa e que integra diversas unidades curriculares das possíveis áreas da psicologia. A licenciatura em psicologia exige, claramente, estudo e dedicação, e fomenta muitas reflexões bem como estimula a curiosidade em querer saber mais e questionar mais.
Não poderia de forma alguma deixar de mencionar a relação positiva entre os docentes e estudantes, uma vez que esses não se apresentam em aula, apenas, para lecionar os conteúdos programados, mas, também, para darem apoio e auxiliarem os seus estudantes. Na UPT os docentes colocam os alunos em primeiro plano e criam um ambiente de acolhimento e envolvimento ativo nas aulas, o que facilita imenso a nossa aprendizagem. Graças a esses, não só evoluímos ao nível intelectual, ao longo da licenciatura, mas, também, ao nível pessoal. Para além de todo o corpo docente, os funcionários, na sua generalidade, mostram-se, também, sempre disponíveis e prontos a ajudar.

   Bárbara Pessoa

Ser estudante de Psicologia na Universidade Portucalense não se singulariza pelo comportamento humano, mas sim pela vivência e pelo facto de poder crescer dentro da instituição. Após a envolvência em várias funções durante dois anos letivos, tais como representante de turma, do Núcleo de Estudantes e do conselho pedagógico e escolar, pude concluir que, assim como o meu curso me permite lecionar, existem valores que assinalam o meu percurso académico e que se sobrepõem à instrução escolar.
Para mim, a palavra-chave para esta universidade é, sem dúvida, a pertença, pois, para além de todo o prestígio e qualificação do corpo docente, a UPT é uma instituição que nos faz sentir em casa, fomentando uma ligação direta entre toda a comunidade inserida.
Deste modo, sinto que não poderia estar mais enquadrada nesta casa e no curso que escolhi.

O que dizem os nossos ex-alunos

   Bárbara Gaspar

Optei pela Universidade Portucalense por influência dos comentários positivos por parte de amigos e conhecidos que já antes cá estudaram e estudam, bem como dos meus pais que também aqui se licenciaram. Penso que é geral o receio na entrada da vida académica e o medo na adaptação ao sistema universitário, no entanto, devido à excelência do corpo docente, à amabilidade e disponibilidade dos funcionários e ao bom ambiente de aula, vi atenuados todos esses entraves. A proximidade entre os docentes e os alunos é enorme o que facilita a aprendizagem e aumenta o fator motivacional para o alcance de melhores resultados, sendo esta interação reconhecida pelos estudantes e definida como essencial.

    Rafaela Maia

Para mim, a licenciatura em Psicologia na UPT dá-nos uma ótima formação para o futuro enquanto psicólogos e enquanto seres humanos. Temos as unidades curriculares necessárias, com os conteúdos programáticos adequados que nos ajudam a conhecer e a aprofundar o vasto mundo que é a psicologia. Os professores são muito acolhedores, muito disponíveis e fornecem as melhores ferramentas para que possamos crescer um bocadinho todos os dias, ao longo destes três anos. É sem dúvida, uma licenciatura que nos faz pensar "fora da caixa" e querer mais todos os dias.

Míriam R. Porro

A minha experiência na Universidade Portucalense está a ser boa. Aqui os professores conhecem os seus alunos pelo nome e esta relação de cercania é refletida no fato de que os alunos participam de maneira ativa nas turmas. Além disso, pelo menos no caso da licenciatura de Psicologia, as professoras têm uma formação prévia muito boa e, pelo menos no meu caso, sempre estão dispostas a dar suporte ao aluno. A licenciatura de Psicologia na Portucalense exige muito esforço e desempenho, aqui não vale só fazer um esforço ao final do curso, mas é preciso fazê-lo durante todo o semestre. Há que trabalhar e estudar muito, pois estamos a ser avaliados constantemente, mas eu confio que esse esforço tenha uma recompensa no final. No entanto, os conteúdos que se dão na licenciatura são muito extensos e isso oferece uma muito boa base para a formação do futuro psicólogo.

Testemunho de aluna

 

Saídas Profissionais

Para exercer a profissão de Psicologo, é obrigatório concluir o 1º e 2º ciclos de estudo em Psicologia. O 1º ciclo de estudos em Psicologia permite o acesso a mestrado em psicologia, obrigatório à prática profissional, de acordo com a European Federation of Psychologist’s Associations e a Ordem dos Psicólogos Portugueses.

O mestrado em psicologia permite a prática profissional em: agrupamentos de escolas, associações científicas, associações recreativas, culturais e sociais, câmaras municipais, centros de formação e de reabilitação profissional, comissões de protecção de crianças e jovens, empresas de recursos humanos e comunicação/ marketing, gabinetes de apoio psicoterapêutico, hospitais e centros de saúde, e organizações não governamentais.

Algumas saídas profissionais (vídeos):

Objetivos

Destacam-se, nos objetivos deste ciclo de estudos, os seguintes:

  1. Adquirir e desenvolver o conhecimento científico acerca da mente humana e dos seus processos, bem como acerca das bases neurobiológicas subjacentes aos comportamentos individuais nos mais diversos contextos;
  2. Identificar o desenvolvimento da psicologia como ciência desde os seus primórdios, assim como os principais paradigmas na construção do saber nesta área;
  3. Adquirir e desenvolver competências no âmbito da iniciação à investigação científica, promovendo a sua aplicação eficaz ao longo do ciclo de estudos e contribuindo assim para a construção do conhecimento científico na área;
  4. Identificar modelos e teorias no âmbito da psicologia da cognição, das emoções, da motivação, da psicofisiologia, das organizações, do desenvolvimento, da educação, social, da personalidade, vocacional, da neuropsicologia, da psicopatologia, da saúde e do bemestar, da família, e das neurociências, demonstrando capacidade de expressar e aplicar este conhecimento adquirido;
  5. Identificar as principais potencialidades e limitações da avaliação psicológica, conhecendo e compreendendo os pressupostos base subjacentes à utilização de diferentes métodos e técnicas de avaliação, evidenciando conhecimentos ao nível das fases de um processo de avaliação psicológica e tipo de documentação a produzir, com um enfoque na redação de um relatório de avaliação psicológica;
  6. Adquirir e desenvolver competências inerentes aos modelos de intervenção psicológica individual ou em grupo, especificamente no que diz respeito à escolha e implementação do modelo adequado em função do contexto, bem como à avaliação dos seus resultados e eficácia;
  7. Compreender os conceitos associados à ética e à deontologia na psicologia, dominar as dimensões associadas à tomada de decisão orientadas pelos princípios do código deontológico do exercício da Psicologia e desenvolver competências ao nível do raciocínio ético na Psicologia;
  8. Desenvolver competências interpessoais, instrumentais e sistémicas que favoreçam a responsabilização e autonomia no processo educativo ao longo do ciclo de estudos, e que contribuam para o desempenho profissional adequado, assim como para um desenvolvimento académico profícuo ao nível do 2º ciclo de estudos.

Provas de ingresso

História ou Geografia ou Português

Cursos de continuidade

2º Ciclo de Estudos em Psicologia Clínica e da Saúde

Diploma ou certificado conferido

O grau de licenciado é conferido aos que cumprirem o plano de estudos descrito, com aprovação em todas as unidades curriculares que o integram. Apenas obterá o grau de licenciado quem obtiver pelo menos 180 ECTS. 

Investigação

Os estudantes são convidados a assumir tarefas de responsabilidade crescente nas linhas de investigação dos docentes com responsabilidades de regência em tempo integral, no Instituto de Desenvolvimento Humano Portucalense (INPP).

O INPP apresenta duas unidades de investigação – Cognitive Development Lab e o Therapeutic Innovation Lab - suportadas pelo Centro de Análise de Dados – recurso aberto a qualquer investigador da UPT, onde se encontram disponíveis múltiplas ferramentas para processamento e análise de dados.

O Cognitive Development Lab (CDL) suporta a investigação realizada no âmbito da compreensão das bases da cognição e comportamento, procurando utilizar esta evidência no sentido da promoção de processos de aprendizagem mais eficientes e inclusivos. Este laboratório apresenta uma conexão próxima com o Center for Excellence in Teaching e o Student ´s Observatory da UPT, encontrando-se focado na promoção da qualidade da educação ao longo da vida e na igualdade de género.

O Therapeutic Innovation Lab (TIL) suporta os trabalhos de desenvolvimento de novos instrumentos para avaliar novas realidades e para desenvolver novas intervenções. Este laboratório apresenta duas estruturas de suporte: o Serviço de Psicologia Clínica e Aconselhamento e o Gabinete de Apoio ao Aluno. Ambas as estruturas partilham um objetivo comum: promoção da saúde e bem-estar, relativamente à comunidade interna ou externa (i.e., comunidade) à UPT.

Projetos em curso

Para informações acerca dos projetos, consultar a página da coordenação do ciclo de estudos, na plataforma Moodle, bem como https://inpp.upt.pt/.

Contactos

Coordenação:  lic.psicologia@upt.pt

Gabinete de Ingresso da UPT

 225 572 222 / 23

  969 773 967

 800 270 201Verde

 ingresso@upt.pt

Horário previsto de funcionamento

Diurno

Parcerias

Parcerias Erasmus:

  • Universidade Camilo José Cela, Madrid
  • Universidade de La Lagun
  • Universidade Internacional de la Rioja
  • Universitat Oberta de Catalunya
  • Universidade de Santiago de Compostela
  • Budapeste-Eotvos Lorand University
  • Università di Bologna

Plano de Estudos 2020/2021


1º Ano, 1º Semestre

Biologia Humana
5 ECTS 60 TP 60 Total
Metodologia da Investigação 1
6 ECTS 60 TP 60 Total
Psicologia da Cognição 1
5 ECTS 60 TP 60 Total
Teorias do Raciocínio Ético
4 ECTS 30 TP 30 Total

1º Ano, 2º Semestre

Metodologia da Investigação 2
6 ECTS 75 TP 75 Total
Psicofisiologia
4 ECTS 60 TP 60 Total
Psicologia da Cognição 2
5 ECTS 60 T 60 Total
Psicologia da Motivação
5 ECTS 60 TP 60 Total
Psicologia das Emoções
5 ECTS 60 TP 60 Total

2º Ano, 1º Semestre

Neuropsicologia
5 ECTS 60 TP 60 Total
Psicologia da Educação 1
5 ECTS 60 TP 60 Total
Psicologia da Personalidade
5 ECTS 60 TP 60 Total
Psicologia das Organizações
5 ECTS 60 TP 60 Total
Psicologia do Desenvolvimento 1
5 ECTS 60 TP 60 Total
Psicologia Social 1
5 ECTS 60 TP 60 Total

2º Ano, 2º Semestre

Psicologia da Educação 2
5 ECTS 60 TP 60 Total
Psicologia do Desenvolvimento 2
5 ECTS 60 TP 60 Total
Psicologia Social 2
5 ECTS 60 TP 60 Total
Psicologia Vocacional
5 ECTS 45 TP 45 Total
Psicopatologia 1
6 ECTS 75 TP 75 Total
OP Psicologia Comunitária
4 ECTS 45 TP 45 Total

3º Ano, 1º Semestre

Empreendedorismo
5 ECTS 45 TP 45 Total
Psicopatologia 2
5 ECTS 60 TP 60 Total
Psicologia do Luto
4 ECTS 45 TP 45 Total

3º Ano, 2º Semestre

Neurociências
5 ECTS 60 TP 60 Total
Psicologia da Família
6 ECTS 75 TP 75 Total
OP Psicogerontologia
4 ECTS 45 TP 45 Total
OP Psicologia da Saúde Ocupacional
4 ECTS 45 TP 45 Total
OP Psicologia Forense
4 ECTS 45 TP 45 Total

T: Ensino Teórico   

TP: Ensino Teórico-Prático   

OP: Opcional

Nota: As UCs opcionais disponíveis serão definidas anualmente pela Direção do Departamento.

Outras informações

Requisitos de Ingresso

Para se candidatarem através do concurso institucional os estudantes devem satisfazer as condições:

- Curso de Ensino Secundário ou habilitação legalmente equivalente

- Prova de ingresso de: História, Geografia ou Português.

O ingresso no ciclo de estudos podem também ser feito através de Concursos Especiais de acesso, Regimes Especiais de Acesso e Regimes de Mudança de Curso e Transferência, regulamentados pelo Regulamento de ingresso em vigor na UPT.

Corpo docente


DocenteEmail
Alexandra Maria Dantas Castro Araujo Mendesamaraujo@upt.pt
Ana Albertina Fernandes Palheiros Condeanac@upt.pt
Ana Maria de Jesus Xavieraxavier@upt.pt
António Jorge da Costa Leitejorgel@upt.pt
Isabel Cerca Miguelisabelm@upt.pt
Joana Maria Ribeiro da Silvajoanas@upt.pt
Lara Sofia Nascimento Palmeiralarap@upt.pt
Maria Xavier Araujomaraujo@upt.pt
Miguel Bernardo Ricou da Costa Macedomricou@upt.pt
Paula Emanuel Rocha Martins Vagospvagos@upt.pt
Sara Margarida Soares Ramos Fernandessarab@upt.pt
Sónia Fernanda Moreira Nogueirasnogueira@upt.pt
Susana Isabel Fernandes dos Santossusana.santos@upt.pt
Tânia Ferraro Gilaberte da Silvataniaferraro@upt.pt
Este website usa cookies para funcionar melhor e medir a performance (Diretiva da União Europeia 2009/136/EC)