Como chegar
|
Contactos
Saiba mais
sobre este curso
×

Mestrado em Informática Especialização em Sistemas de Informação

São objetivos de aprendizagem do 2.º Ciclo de estudos em informática a compreensão da tecnologia, da sua aplicação, o desenvolvimento do sentido crítico e da comunicação científica e técnica.

A especialização em Sistemas de Informação (SI), permite o desenvolvimento de base de conhecimentos transversais, nomeadamente em técnicas de modelação, tecnologias emergentes, gestão de projetos e inovação tecnológica; considerando-se que estas áreas de competências são estruturantes para o profissional de TI.

Os estudantes de Sistemas de Informação serão capazes de potenciar o negócio através da utilização da tecnologia e conduzir e liderar atividades de intervenção de SI, usando as melhores práticas.

É nossa missão, ajudar o profissional de informática a não abraçar empregos, mas sim projetos, com a flexibilização, a proatividade, a procura de novos desafios, a aprendizagem sustentável, resumindo, a ser positivo em relação ao futuro!

Este ideal, é mais sentido o 2º ano deste curso, sendo possível, além da dissertação, optar pela realização de um projeto ou estágio em contexto empresarial, contribuindo para a resolução de eventuais necessidades da empresa, ou com caráter inovador.

25 vagas totais para candidatura (partilhadas pelos vários ramos deste Mestrado).

duração de 2 anos

Anúncio n.º 260/2016 de 20 de dezembro

Coordenação:

Maria João Ferreira (PhD)

 

Porquê escolher este curso?

O Mestrado em Informática – Especialização em Sistemas de Informação, permite adquirir conhecimentos especializados, adequados e necessários a um melhor desempenho profissional e ao desenvolvimento da atual Sociedade do Conhecimento.

Este curso tem um corpo docente maioritariamente doutorado em universidades de referência, o que introduz uma dinâmica e pluralidade de visões que enriquece a formação, assim como profissionais especialistas, com vasta experiência em implementação e gestão de Sistemas de Informação de suporte à organização.

Ao longo dos dois anos, por um lado, o curso conta com um conjunto de seminários em áreas emergentes, dirigidos por prestigiados profissionais e professores de universidades estrangeiras e, por outro lado, permite também que os alunos provenientes de cursos do 1.º ciclo adquiram mais competências a nível comportamental, hoje tão procuradas pelos empregadores.

Saídas Profissionais

Analista de Negócio, Consultor de Negócio, Gestor de de Projeto, Auditor de qualidade, Diretor de departamento de SI/TI (CIO).

Objetivos

Para a especialização em Sistemas de Informação, os estudantes deverão ter um conjunto de competências de forma a:

  1. perceber as razões organizacionais, sociais e culturais do sucesso da adoção e gestão das tecnologias e sistemas de informação.
  2. compreender e conduzir atividades que visem melhorar o funcionamento dos processos organizacionais através do aproveitamento das tecnologias da informação.
  3.  planear, executar e controlar atividades de intervenção de sistemas de informação.
  4. usar as melhores práticas para gerir sistemas de informação e resolver situações complexas.
  5. conceber e gerir arquiteturas organizacionais.
  6. conhecer as tecnologias emergentes que permitam a conceção eficiente e inovadora de sistemas de informação em diferentes contextos.
  7. adquirir espírito crítico e atitude reflexiva.
  8. familarizar-se com o processo de I&D, acompanhando a evolução do corpo de conhecimento da área, e participar no seu desenvolvimento.
  9. Adquirir postura de liderança, sentido de responsabilidade ética e profissional.

Diploma ou certificado conferido

Certificado de Pós-Graduação concluindo apenas a parte letiva.

Diploma de Mestrado em Informática.

Investigação

O REMIT – Research on Economics, Management and Information Technologies, centro de investigação que tutela o Mestrado em Informática, anualmente apresenta os projetos de investigação em curso nos quais se poderão inserir as dissertações de mestrado e os trabalhos de projeto.

Contactos

Coordenação:  mest.Informatica@upt.pt

Gabinete de Ingresso da UPT

 225 572 222 / 23

  969 773 967

 800 270 201Verde

 ingresso@upt.pt

Horário previsto de funcionamento

Segundas-feiras das 18:00h às 22:00h

Quartas-feiras das 18:00h às 22:00h

Sábados das 9:00h às 13:00h

Plano de Estudos 2019/2020


1º Ano, 1º Semestre

Gestão de Dados
7 ECTS 40 TP 40 Total
Seminário
6 ECTS 24 TP 24 Total
Tecnologias Emergentes
6 ECTS 32 TP 32 Total

1º Ano, 2º Semestre

2º Ano, Anual

OP Dissertação
60 ECTS
OP Estágio
60 ECTS
OP Projeto
60 ECTS

TP: Ensino Teórico-Prático   

OP: Opcional

Nota: As UCs opcionais disponíveis serão definidas anualmente pela Direção do Departamento.

Outras informações

Podem candidatar-se ao ciclo de estudos conducente ao grau de mestre:

1) Titulares do grau de licenciado em Informática ou áreas afins;

2) Titulares de um grau académico superior estrangeiro, conferido na sequência de um 1.º ciclo de estudos em Informática ou áreas afins organizado de acordo com os princípios do Processo de Bolonha por um Estado aderente a este Processo;

3) Titulares de um grau académico superior estrangeiro, em Informática ou áreas afins, que o Conselho Científico reconheça satisfazer os objetivos do grau de licenciado;

4) Detentores de um currículo escolar, científico ou profissional que o Conselho Científico reconheça atestar capacidade para realização deste ciclo de estudos.

Plano Financeiro

Candidaturas (isento para alunos provenientes do 1º ciclo da UPT): 169,00 Euros

Seguro: 30,00 Euros

Matrícula: 315,00 Euros

Inscrição curricular anual: 315 Euros (180,00 Euros no ano da matrícula*)

Propina de frequência para 60 ECTS por ano (opções):

- 11 Prestações mensais setembro a julho: 354,60 Euros

- Pagamento 5 + 5 meses: 390 Euros/mês

- Pagamento único anual (Desconto de 3%): 3.783,00 Euros

Notas: A propina de frequência do 2º ano do plano curricular é 50%.

Valor do ECTS: 65,00 Euros

*Neste caso é paga em fevereiro.

Este website usa cookies para funcionar melhor e medir a performance (Diretiva da União Europeia 2009/136/EC)