Como chegar
|
Contactos

Lazer e Tempos Livres 2017/2018

  • 5 ECTS
  • Lecionada em Português
  • Avaliação Mista

Objetivos

1. Identificar os conceitos da prática do lazer, recreio e turismo.
2. Aplicar o conceito de animação turística, identificando e caracterizando as diferentes tipologias e atividades conexas.
3. Interpretar e aplicar os instrumentos legais que regulamentam as atividades de animação turística em Portugal.
4. Identificar o perfil adequado de um animador turístico.
5. Descrever a importância da animação turística e da oferta de experiências únicas nos destinos e empresas turísticos, no contexto das novas motivações turísticas.
6. Selecionar e aplicar programas e atividades de animação em função dos diferentes públicos, do contexto envolvente, dos recursos disponíveis, da época do ano.

Pré-Requisitos Recomendados

n.a.

Método de Ensino

As aulas combinarão a exposição formal de conceitos, teorias e modelos, estimulando a participação dos alunos através do debate, da intervenção constante e da reflexão crítica das temáticas abordadas. A abordagem expositiva/participativa será útil ao nível das questões conceptuais lecionadas. Decorrerão sessões de natureza prática de orientação e apoio aos trabalhos a desenvolver pelos alunos, bem como sessões de apresentação e debate dos trabalhos desenvolvidos. Pretende-se ainda que os alunos desenvolvam os seus conhecimentos com recurso a estudos de caso, visitas técnicas e palestras com oradores convidados.

Conteúdos Programáticos

Área 1 | Lazer, recreio e turismo~
1.1. Relação entre lazer, recreio e turismo
1.2. Motivações turísticas e a importância da animação
1.3. A economia das experiências
Área 2 | A Animação turística
2.1. Conceito de animação
2.2. Atividades e tipos de animação
2.3. Fatores determinantes da animação turística
2.4. Enquadramento legal da animação em Portugal Área
3 | O Animador turístico
3.1. Atitudes e competências
3.2. Perfil profissional
3.3. Funções do animador
Área 4 | Planificação e gestão de programas de animação turística
4.1. Definição dos programas
4.2. Processo metodológico
4.3. Desenvolvimento de um projeto de animação turística: definição, fases e etapas

Bibliografia e Webgrafia Recomendada

Almeida, P. & Araújo, S. (2012). Introdução à gestão de animação turística, Lisboa, LIDEL.
Decreto-Lei n.º 108/2009 de 15 de maio e 95/2013 de 19 de julho (Estabelece as condições de acesso e de exercício da atividade das empresas de animação turística e dos operadores marítimo-turísticos)
Puertas, X. (2004). Animación en el ámbito turístico. Madrid, Editorial Sínteses

Bibliografia Complementar

Fornecida pela docente.

Planificação Semanal

Semana 1 - Área 1
Semana 2 - Área 1
Semana 3 - Área 2
Semana 4 - Área 2
Semana 5 - Área 3
Semana 6 - Área 4
Semana 7 – Apoio ao desenvolvimento dos trabalhos de grupo para avaliação
Semana 8 – Área 4
Semana 9 – Apoio ao desenvolvimento dos trabalhos de grupo para avaliação
Semana 10 - Área 4
Semana 11 – Apoio ao desenvolvimento dos trabalhos de grupo para avaliação
Semana 12 – Área 4
Semana 13 – Apoio ao desenvolvimento dos trabalhos de grupo para avaliação
Semana 14 – Apresentação e avaliação dos trabalhos de grupo
Semana 15 - Revisões

Coerência do programa para com os objetivos

1. Identificar os conceitos da prática do lazer, recreio e turismo - Área 1 | Lazer, recreio e turismo.
2. Aplicar o conceito de animação turística, identificando e caracterizando as diferentes tipologias e atividades conexas e
3. Interpretar e aplicar os instrumentos legais que regulamentam as atividades de animação turística em Portugal - Área 2 | A Animação turística.
4. Identificar o perfil adequado de um animador turístico - Área 3 | O Animador turístico
5. Descrever a importância da animação turística e da oferta de experiências únicas nos destinos e empresas turísticos, no contexto das novas motivações turísticas e 6. Selecionar e aplicar programas e atividades de animação em função dos diferentes públicos, do contexto envolvente, dos recursos disponíveis, da época do ano - Área 4 | Planificação e gestão de programas de animação turística

Coerência dos métodos de ensino para com os objetivos

A metodologia expositiva interativa será utilizada ao nível de todos os objetivos de aprendizagem, permitindo que o aluno apreenda e analise criticamente as dimensões teóricas e concetuais relacionadas com a animação turística. A discussão e análise crítica das dimensões teóricas/ concetuais apresentadas será útil para que os alunos consolidem conhecimentos relativos aos conceitos. Será privilegiada a prática no contexto da criação de programas de animação turística.

competência genérica relevantedesenvolvida?avaliada?
Aptidão para aplicação na prática dos conhecimentos teóricosSimSim
Capacidade crítica e de avaliaçãoSimSim
Capacidade de adaptação a novas situaçõesSimSim
Capacidade de auto-critica e de auto-avaliaçãoSimSim
Capacidade de decisãoSimSim
Capacidade de iniciativa e espírito empreendedorSimSim
Capacidade de investigaçãoSimSim
Capacidade negocialSimSim
Competência em informática e uso de novas tecnologiasSimSim
Comportamento ético e responsávelSimSim
Comunicação oral e escritaSimSim
Conhecimento de outras culturas e costumesSimSim
CriatividadeSimSim
Gestão da informação e da aprendizagemSimSim
LiderançaSimSim
Relacionamento interpessoalSimSim
Resolução de problemasSimSim
Saber organizar, planear e gerirSimSim
Trabalho em contexto internacionalSimSim
Trabalho em equipaSimSim
Valorização da diversidade e da multiculturalidadeSimSim
Este website usa cookies para funcionar melhor e medir a performance (Diretiva da União Europeia 2009/136/EC)
Por favor dispense alguns minutos para responder a umas perguntas rápidas sobre o nosso website.