Como chegar
|
Contactos

Inovação e Empreendedorismo 2017/2018

  • 4 ECTS
  • Lecionada em Português
  • Avaliação Mista

Objetivos

Concluída esta unidade curricular, o aluno deverá ser capaz de:
1.Justificar a importância da inovação para a competitividade;
2.Avaliar e interpretar processos de inovação;
3.Interpretar, relacionar e operacionalizar os diferentes modelos de inovação;
4.Desenvolver e formular estratégias de inovação;
5.Avaliar, selecionar e usar principais instrumentos de gestão da inovação;
6.Elaborar, avaliar e implementar projetos de I&D e de inovação;
7.Explicar a relevância da gestão do conhecimento nas empresas;
8.Avaliar e comparar as diferentes estratégias de proteção da propriedade intelectual;
9.Utilizar ferramentas de gestão da inovação para mapear e medir as atividades inovadoras;
10.Justificar a importância do empreendedorismo para a criação de riqueza e emprego;
11.Otimizar a criatividade e transformá-la em ideias e explorar as ideias com a criação de um negócio;
12.Desenvolver o Modelo e o Plano de Negócios;
13.Comunicar a ideia e o negócio aos potenciais investidores

Pré-Requisitos Recomendados

n.a

Método de Ensino

As aulas são de dois tipos: sessões teóricas e sessões práticas. As sessões teóricas consistem na exposição de conteúdos. As sessões práticas consistirão na aplicação dos conhecimentos transmitidos nas sessões teóricas através da discussão de casos práticos e de textos distribuídos pelas docentes e da análise de informação diversa (nomeadamente estatísticas). Ainda durante estas aulas serão realizadas as apresentações dos trabalhos pelos alunos. Serão ainda realizados seminários com convidados sobre temas e casos relevantes para a UC.
A avaliação final é constituída por:
- ensaio individual sobre um dos conteúdos programáticos da primeira parte: ensaio escrito (25%), apresentação oral (10%)
- realização e apresentação de um plano de negócio (trabalho de grupo) : 30%
- participação nas atividades e discussão nas aulas: 15%
- teste final: 20%

Conteúdos Programáticos

I. Inovação
I.1. Introdução: questões e conceitos centrais
I.2. O processo de inovação
I.3. Modelos de inovação
I.4. Estratégia de inovação no contexto da estratégia empresarial
I.5. Inovação aberta e redes
I.6. Gestão de projetos de I&D e de inovação
I.7. Gestão do conhecimento e a propriedade intelectual
I.8. Mapeamento e medição da inovação nas empresas

II. Empreendedorismo
II.1. O conceito de empreendedorismo
II.2. Ideias e oportunidades
II.3. O modelo de negócios
II.4. O plano de negócios
II.5. Investimento e angariação de financiamento

Bibliografia e Webgrafia Recomendada

Audretsch, D. B., Falck, O., Heblich, S. & Lederer, A. (2011), Handbook of Research on Innovation And Entrepreneurship, Edward Elgar.

Bessant, J. & Tidd, J. (2015), Innovation and Entrepreneurship, 3rd Edition, Chichester, Wiley.

Bygrave, W. & Zacharakis, A. (2014); Entrepreneurship – 3rd edition, John Wiley & Son.

Osterwalder, Alexander & Pigneur Yves (2011), “Criar Modelos de Negócio”, Publicações Dom Quixote.

Tidd, J. & Bessant, J. (2013), Managing Innovation: Integrating Technological, Market and Organizational Change, 5th edition, Chichester, Wiley

Bibliografia Complementar

Chesbrough, H. (2006), Open Innovation. The New Imperative for Creating and Profiting from Technology, Harvard Business School Press.

Hall, B. & Rosenberg, N. (eds.) (2010), Handbook of the Economics of Innovation, Amesterdam, Elsevier.

Planificação Semanal

.

Coerência do programa para com os objetivos

s capítulos I.1 e I.2 permitem a concretização dos objetivos 1 e 2.
O capítulo I.3 visa a concretização do objetivo 3.
Os capítulos I.4 e I.5 estão associados aos objetivos 4 e 5.
O capítulo I.6 contribui para a prossecução do objetivo 6.
O capítulo I.7 contribui para a concretização dos objetivos 7 e 8.
O capítulo I.8 contribui para a realização do objetivo 9.
O capítulo II.1 permite concretizar o objetivo 10.
Os capítulos II.2 e II.3. estão associados ao objetivo 11.
Os capítulos II.3 e II.4. contribuem para o objetivo 12.
Finalmente, o capítulo II.5 visa o objetivo 13.

Coerência dos métodos de ensino para com os objetivos

As aulas teórico-práticas estão fundamentalmente direcionadas para os objetivos 1, 3, 7, 8 e 9.
As aulas práticas estão fundamentalmente direcionadas para os objetivos 2, 4, 5, 6, 10 e 11, 12 e 13.
O trabalho autónomo apoiado por tutorias e traduzido no ensaio individual está fundamentalmente direcionado para os objetivos 2 a 8. Por seu lado, o trabalho de grupo está fundamentalmente direcionado para os objetivos 11 a 13.

competência genérica relevantedesenvolvida?avaliada?
Análise e sínteseSimSim
Aptidão para aplicação na prática dos conhecimentos teóricosSimSim
Capacidade crítica e de avaliaçãoSimSim
Capacidade de adaptação a novas situaçõesSimSim
Capacidade de decisãoSimSim
Capacidade de iniciativa e espírito empreendedorSimSim
Capacidade de investigaçãoSimSim
Competência em informática e uso de novas tecnologias  
Competência em língua estrangeira  
Comportamento ético e responsávelSimSim
Comunicação oral e escritaSimSim
CriatividadeSimSim
Preocupação com a eficáciaSimSim
Preocupação com a qualidadeSimSim
Resolução de problemasSim 
Saber organizar, planear e gerirSimSim
Trabalho em equipaSimSim
Este website usa cookies para funcionar melhor e medir a performance (Diretiva da União Europeia 2009/136/EC)
Por favor dispense alguns minutos para responder a umas perguntas rápidas sobre o nosso website.