Como chegar
|
Contactos

Métodos e Técnicas de Avaliação Psicológica 1 2017/2018

  • 7 ECTS
  • Lecionada em Português
  • Avaliação Contínua

Objetivos

Depois de concluída a unidade curricular, o/a aluno/a deverá ser capaz de:
• Compreender os fundamentos da avaliação psicológica;
• Conhecer os diferentes contextos, fontes e formas de avaliação psicológica;
• Identificar as competências do avaliador na avaliação psicológica;
• Avaliar as características dos instrumentos para a qualidade da avaliação;
• Conhecer e identificar normas e cuidados a ter na avaliação e comunicação de resultados de avaliação;
• Conhecer e usar diferentes técnicas e métodos de avaliação psicológica (e.g., entrevista, grelhas de observação, escalas de avaliação do comportamento, escalas de avaliação do desenvolvimento);
• Apresentar autonomia na seleção de instrumentos, sua administração e interpretação de resultados de avaliação psicológica, quer para a prática, quer para a investigação.

Pré-Requisitos Recomendados

Recomendam-se conhecimentos relativos aos fundamentos da avaliação psicológica.

Método de Ensino

Procurar-se-á uma conciliação entre metodologias expositivas e metodologias ativas e participativas. Os métodos expositivos assentarão no recurso a suportes multimédia, com diapositivos powerpoint. Os estudantes serão convidados à análise de artigos científicos e manuais e exploração de materiais de avaliação. Os métodos ativos baseiam-se na realização de atividades práticas, nomeadamente na reflexão e discussão acerca dos fundamentos e condições da avaliação psicológica, do papel do avaliador e da relevância das qualidades dos instrumentos de avaliação. Estas atividades práticas procurarão ainda o treino de competências de seleção e manuseio de técnicas e instrumentos de avaliação psicológica. Os/as alunos/as serão estimulados/as a apresentar e discutir criticamente os métodos e técnicas da avaliação psicológica, bem como as suas experiências de aprendizagem no contacto com os mesmos, apresentando para o efeito trabalhos individuais e em pequeno grupo.

Conteúdos Programáticos

1. Questões gerais na Avaliação Psicológica
1.1 História da avaliação psicológica: conceptualização e questões epistemológicas
1.2 Avaliação e testagem. Diretrizes internacionais para a utilização dos testes
1.3 Avaliação psicológica: objetivos, contextos e fontes
1.4. Avaliação psicológica: competências do avaliador
2. Seleção de instrumentos e análise da qualidade métrica dos testes de avaliação
3. Treino e formação na utilização de testes de avaliação psicológica.
4. Avaliação e sociedade. Ética e deontologia na avaliação psicológica
5. A entrevista como método de avaliação psicológica
6. Escalas de avaliação do desenvolvimento
7. A observação e avaliação do comportamento
8. A comunicação de resultados. Relatórios de avaliação psicológica

Bibliografia e Webgrafia Recomendada

American Educational Research Association, American Psychological Association, American Council on Measurement in Education (1999). Standards for educational and psychological testing (2nd ed.). Washington, DC: American Educational Research Association.
Anastasi, A. (1982). Psychological testing. London: Collier-MacMillan.
Groth-Marnat, G. (2009). Handbook of psychological assessment (5th ed). Hoboken, NJ: Wiley.
Urbina, S. (2004). Essentials of psychological testing. Hoboken, NJ: John Wiley & Sons.

Bibliografia Complementar

Almeida, L. S. & Freire, T. (2010). Metodologia da investigação em psicologia e educação (5ª edição). Braga: Psiquilíbrios.
Almeida, L. S., Simões, M. R., Machado C. & Gonçalves M. M. (Coords.) (2004). Avaliação psicológica: Instrumentos validados para a população portuguesa (Vol. 2). Coimbra: Quarteto.
Almeida, L. S., Simões, M. R., & Gonçalves, M. (Eds.) (2014). Instrumentos e contextos de avaliação psicológica (vol. 2). Coimbra: Almedina.
Archer, R. P., & Smith, S. R. (Ed.2008). Personality assessment. New York, NY: Routledge
Cohen, R. J., & Swerdlik, M. E. (2005). Psychological testing and assessment (6th Edition). New York: McGraw-Hill
Gonçalves, M. M., Simões, M. R., Almeida, L. S. & Machado, C. (Coords.) (2003). Avaliação psicológica: Instrumentos validados para a população portuguesa (Vol. 1). Coimbra: Quarteto.
Wilkinson, D. & Birmingham, P. (2003). Using research instruments: A guide for researchers. London: Routledge.

Planificação Semanal

Semana 1: Apresentação da UC – objetivos, conteúdos programáticos, métodos de ensino e avaliação e resultados esperados; Questões gerais na avaliação psicológica – introdução.
Semana 2: História da avaliação psicológica: conceptualização e questões epistemológicas. Estatuto da avaliação psicológica atual. Diretrizes internacionais para a utilização de testes de avaliação psicológica.
Semana 3: Avaliação psicológica: objetivos, contextos e fontes. Avaliação psicológica: competências do avaliador.
Semana 4: Seleção de instrumentos e análise da qualidade métrica dos testes de avaliação.
Semana 5: Orientação tutorial dos trabalhos individuais. Seleção de instrumentos e análise da qualidade métrica dos testes de avaliação.
Semana 6: Treino e formação na utilização de testes de avaliação psicológica. Avaliação psicológica e sociedade.
Semana 7: Ética e deontologia na avaliação psicológica
Semana 8: A entrevista como método de avaliação psicológica.
Semana 9: A entrevista como método de avaliação psicológica.
Semana 10: Escalas de avaliação do desenvolvimento.
Semana 11: Grelhas de observação. A avaliação do comportamento.
Semana 12: O relatório de avaliação psicológica.
Semana 13: Teste. O relatório de avaliação psicológica (continuação). Orientação tutorial aos trabalhos de grupo. Estudo de caso: análise e integração de informações provenientes de várias fontes e técnicas de avaliação.
Semana 14: Orientação tutorial aos trabalhos de grupo.
Semana 15: Apresentação e discussão dos trabalhos de grupos. Conclusões.

Coerência do programa para com os objetivos

De modo a criar condições para que os alunos compreendam a importância das competências do avaliador e das qualidades dos instrumentos de avaliação psicológica para o processo de avaliação, os conteúdos programáticos abordarão as questões que caracterizam transversalmente os métodos e técnicas e avaliação. De modo a proporcionar aos alunos/as a aquisição de competências de seleção e utilização de diferentes métodos e técnicas de avaliação psicológica, os conteúdos programáticos incluem uma diversidade de métodos de avaliação, variando desde a entrevista até às escalas de avaliação. De modo a que os/as alunos/as desenvolvam autonomia na seleção de técnicas e instrumentos de avaliação e seu manuseio, os conteúdos programáticos procuram associar diferentes métodos e técnicas de avaliação a diferentes propósitos e contextos de avaliação. Finalmente, a compreensão dos cuidados a ter na avaliação psicológica estará associada à aprendizagem das normas e procedimentos de avaliação.

Coerência dos métodos de ensino para com os objetivos

A utilização de métodos expositivos permite a transmissão e análise de novos conteúdos relativamente à avaliação psicológica, papel do avaliador e métodos e técnicas de avaliação. Estes métodos expositivos apoiam a aquisição de conhecimentos no domínio, por parte dos/as alunos/as. O recurso a metodologias que impliquem a participação ativa dos/as alunos/as faz-se através da análise e interpretação de textos de apoio, análise de estudo de caso e preparação de trabalhos individuais e em grupo acerca da avaliação psicológica e utilização de técnicas e instrumentos de avaliação (entrevista, grelhas de observação, escalas de avaliação do comportamento e desenvolvimento). Nestes últimos espera-se uma postura de reflexão crítica e integração de conhecimentos por parte dos alunos. A conjugação destas diferentes metodologias permitirá, deste modo, a prossecução dos objetivos propostos para a Unidade Curricular.

competência genérica relevantedesenvolvida?avaliada?
Análise e sínteseSimSim
Aptidão para aplicação na prática dos conhecimentos teóricosSimSim
Capacidade crítica e de avaliaçãoSimSim
Capacidade de adaptação a novas situaçõesSimSim
Capacidade de auto-critica e de auto-avaliaçãoSimSim
Capacidade de decisãoSimSim
Capacidade de iniciativa e espírito empreendedorSim 
Capacidade de investigaçãoSimSim
Capacidade negocialSim 
Competência em informática e uso de novas tecnologiasSimSim
Competência em língua estrangeiraSim 
Comportamento ético e responsávelSimSim
Comunicação oral e escritaSimSim
Conhecimento de outras culturas e costumesSim 
CriatividadeSimSim
Gestão da informação e da aprendizagemSimSim
LiderançaSimSim
Preocupação com a eficáciaSimSim
Preocupação com a qualidadeSimSim
Relacionamento interpessoalSimSim
Resolução de problemasSimSim
Saber organizar, planear e gerirSimSim
Trabalho em contexto internacionalSim 
Trabalho em equipaSimSim
Valorização da diversidade e da multiculturalidade  
Este website usa cookies para funcionar melhor e medir a performance (Diretiva da União Europeia 2009/136/EC)
Por favor dispense alguns minutos para responder a umas perguntas rápidas sobre o nosso website.