Como chegar
|
Contactos

Oficina de Língua Portuguesa 2017/2018

Objetivos

1 Identificar necessidades de informação e conhecer as fontes e os recursos disponíveis;
2 Distinguir entre recursos científicos, literários e informativos.
3 Conhecer e aplicar técnicas e estratégias para a identificação, avaliação e seleção da informação científica.
4 Saber como explorar e utilizar os resultados da pesquisa de informação.
5 Conhecer e aplicar normas e estilos de citação e construção de bibliografias.
6 Organizar e gerir referências bibliográficas e citações usando softwares de gestão bibliográfica (e.g. EndNote Web, Mendeley).
7 Compreender a importância da ética e do uso responsável da informação.
8 Construir um texto científico e identificar as melhores formas de o comunicar.
9 Dominar a língua portuguesa como instrumento de cognição e utilizá-la eficazmente na interpretação de textos e na comunicação oral e escrita.

Pré-Requisitos Recomendados

Não se aplica.

Método de Ensino

Nesta unidade curricular, será implementada uma metodologia de ensino ativa com recurso à utilização de estratégias de ensino e aprendizagem que proporcionem o envolvimento dos alunos. Especificamente, valorizar-se-ão os métodos de ensino expositivos, para a apresentação de quadros teóricos de referência; participativos, para a análise e resolução de casos; ativos, com a realização de trabalhos individuais, dinâmicas de grupo e envolvendo pesquisa e estudo/ trabalho autónomo. A componente expositiva será ainda suportada com exemplos práticos, análise de casos reais e elaboração de exercícios práticos. Em suma, as aulas combinarão os métodos expositivo, com a apresentação formal dos conteúdos, e o interativo, privilegiando a análise e resolução de casos, trabalho independente, dinâmicas de grupo, trabalho de pares e debate.

Conteúdos Programáticos

1. A informação: natureza e suportes, organização, fontes e modos de acesso.
2. Os recursos de informação: técnicas e estratégias de pesquisa, recuperação e avaliação da informação. Fontes de informação digital, multidisciplinares e por área científica.
3. Iniciação ao trabalho académico. Direitos de autor e ética da informação. Citações e referências usando normas e aplicando softwares de gestão de referências bibliográficas.
4. Sistematização e comunicação da informação: a língua como meio de comunicação. A estrutura da língua. O canal, o meio e o código. A significação e os signos. Estilos e estratégias de comunicação.
5. Técnicas de leitura, interpretação, comentário e discussão de textos académicos e não académicos.
6. A comunicação da informação científica: escrita, estrutura e técnicas de construção e edição do trabalho académico. Éditores de texto (word). A comunicação oral: apresentações orais e mistas. Técnicas de expressão oral e adequação a diferentes públicos.

Bibliografia e Webgrafia Recomendada

Bergström, M. & Neves, R. (2012). Prontuário ortográfico e guia da língua portuguesa, 51.ª ed. Alfragide: Casa das Letras.
Dantas, E. B. (2013). A importância da pesquisa para a tomada de decisões. In Biblioteca Online de Ciências da Comunicação, http://www.bocc.ubi.pt/pag/dantas-edmundo-2013-importancia-pesquisa-tomada-decisoes.pdf
Estrela, E. et al (2013). Saber escrever uma tese e outros textos. Lisboa: Dom Quixote.
Estrela, E. et al. (2010). Dicionário de dúvidas, dificuldades e subtilezas da Língua Portuguesa. Lisboa: Dom Quixote.
Information Retrieval & Management: a guide for students (2012). Stckholm: KTH, Royal Institute of Technology. http://www.kth.se/polopoly_fs/1.340500!/Menu/general/column-content/attachment/Information%20retrieval%20and%20management%202012.pdf
Madeira, A. M. Abreu, M. M. (2004). Comunicar em Ciência: como redigir e apresentar trabalhos científicos. Lisboa: Escolar.
Proctor, M. (2016). Advice on academic writing. Toronto: University of Toronto

Bibliografia Complementar

Castro Pinto, J. M. (2009). Novo Prontuário Ortográfico. Lisboa: Plátano Editora.
Clanchy, J., Ballard, B. (2000). Como escrever ensaios. Um guia para estudantes. Lisboa: Temas e Debates.
Dicionário Moderno da Língua Portuguesa (2014). Porto: Porto Editora.
Estrela, E. et al. (2003). Saber escrever, saber falar. Um guia completo para usar corretamente a Língua Portuguesa. Lisboa: Dom Quixote.
Lloyd, S. (2003). Desenvolvimento em Assertividade. Lisboa: Monitor.
Raposo, P. et al. (2013). Gramática do Português. Lisboa: Fundação Calouste Gulbenkian.

Planificação Semanal

Semana 1:
Apresentação da unidade curricular: objectivos, estrutura, avaliação e corpo docente. Informação e informação científica: introdução geral ao tema.
Semana 2:
O que é a informação? O que é um documento? Apresentação e análise de diferentes tipos de suportes, fontes e conteúdos de informação.
Fontes de informação primárias e secundárias, internas e externas. A estrutura e a organização da informação, de acordo com os diferentes tipos de suportes, conteúdos e público-alvo.
Descoberta autónoma e manipulação de diferentes tipos de documentos. Debate.
Organização dos grupos de trabalho e preparação de um clube de leitura.
Semana 3:
Os recursos de informação: técnicas e estratégias de pesquisa, recuperação e avaliação da informação. Fontes de informação digital.
Visionamento de um filme relacionado com a temática a trabalhar durante as aulas.
Semana 4:
Iniciação ao trabalho académico. Responsabilidade social e ética da informação. Citações e referências usando normas e aplicando gestores de referências bibliográficas. A estrutura e organização do texto científico.
Conceitos de originalidade, plágio e respeito pelos direitos de autor: testes de identificação de plágios, citações diretas e paráfrases. Normas e estilos de citação e referências. Softwares de gestão bibliográfica: o Mendeley e o EndNote Web. Funcionalidades, aplicações, integração com o Word e com a barra de navegação. Especificações do utilizador: seleção da língua e das normas. Exportação e importação de registos. Adição manual de registos. Criação de pastas. Produção de bibliografias autónomas. Upload do texto integral. Notas, comentários e práticas colaborativas.
Exercícios práticos com criação de perfis e aplicação das funcionalidades dos programas. Debate sobre as vantagens e desvantagens de cada um.
Clube de leitura
Semana 5
Sistematização e comunicação da informação: a língua como meio de comunicação. A estrutura da língua. O canal, o meio e o código. A significação e os signos. A pontuação na escrita e na oralidade. Estilos e estratégias de comunicação. Orientação da comunicação para públicos diversos.
Análise de casos e exercícios práticos.
Clube de leitura
Semana 6
Técnicas de leitura, interpretação, comentário e discussão de textos académicos e não académicos. Exercícios de leitura, interpretação e debate de textos de diversa natureza.
Aula invertida: leitura de textos seleccionados e abordagem da matéria em sala de aula a partir da experiência dos alunos, previamente programada.
Clube de leitura
Semana 7:
A comunicação da informação científica: escrita científica, estrutura e técnicas de construção do trabalho académico. A revisão da literatura. A comunicação de acordo com os diferentes públicos.
Exercícios de construção textual: definição de títulos, elaboração de resumos e preparação de um pequeno texto de revisão da literatura, integrando citações e referências bibliográficas.
Clube de leitura
Semana 8:
Construção de uma wiki sobre o tema usado na disciplina.
Clube de leitura
Semana 9:
A comunicação oral: apresentações orais e mistas. Especificidades da linguagem na criação de apresentações. A ligação entre a apresentação no ecrã e a apresentação oral.
Funcionalidades do PowerPoint: estilos e estrutura, animações, inserção de imagens, tabelas, música, filmes.
Outros softwares para a criação de apresentações: o Prezi.
Exercícios práticos aplicando as técnicas aprendidas aos textos em construção.
Clube de leitura
Semana 10:
Técnicas de expressão oral: descontracção, respiração, motivação. Comunicar com diferentes públicos.
Exercícios práticos a partir de textos lidos ao longo das aulas.
Clube de leitura
Semana 11:
Seminário de especialidade.
Preparação da avaliação prática.
Semana 12:
Seminário de especialidade.
Preparação da avaliação prática.
Semana 13:
Seminário de especialidade.
Preparação da avaliação prática.
Semana 14:
Seminário de especialidade.
Preparação da avaliação prática.
Semana 15:
Apresentação dos trabalhos.

Coerência do programa para com os objetivos

O objetivo 1, “Identificar necessidades de informação…”, é atingido através da aprendizagem do conteúdo 1. O objetivo 2 é alcançado no âmbito dos conteúdos 1 e 5, o 1.º relativo à natureza da informação, e o 2.º à identificação e práticas de leitura de textos de natureza científica e não científica. O conteúdo 2, destinado à exploração de recursos de informação permitirá atingir os objetivos 3, “Conhecer e aplicar técnicas e estratégias…”, e 4, “Conhecer técnicas e aplicar softwares …”, sendo que o objetivo 3 será cabalmente atingido com a exploração dos temas propostos pelo conteúdo 6, relativo à comunicação da informação. Os objetivos 5, 6 e 7 serão logrados através da exploração da matéria apresentada no conteúdo 3, reservado à iniciação ao trabalho académico. O objetivo 8, relativo ao domínio e aplicação da língua portuguesa será alcançado no âmbito da aprendizagem dos conteúdos 4 e 5 e 6. Este último conteúdo contribuirá igualmente para que sejam alcançados os objetivos 3, e 6.

Coerência dos métodos de ensino para com os objetivos

Para que os alunos consigam cumprir todos os objetivos de aprendizagem, implementar-se-á uma metodologia de ensino ativa com recurso à utilização de estratégias de ensino e aprendizagem que proporcionem o envolvimento dos alunos. Especificamente, valorizar-se-ão os métodos de ensino expositivos, para a apresentação de quadros teóricos de referência; participativos, para a análise e resolução de casos; ativos com a realização de trabalhos individuais, dinâmicas de grupo e envolvendo pesquisa e estudo/ trabalho autónomo. De referir as técnicas de gestão de conflitos, de relacionamento interpessoal e a avaliação por pares. A componente expositiva será ainda suportada com exemplos práticos, análise de casos reais e elaboração de exercícios práticos. Assim, para atingir os objetivos 1 (Identificar necessidades de informação e conhecer as fontes e os recursos disponíveis) e 2 (Distinguir entre recursos científicos, literários e informativos), para além do método expositivo para introdução ao tema, será privilegiado o trabalho independente e em equipa, bem como a análise de casos. Na prossecução do objetivo 3 (Conhecer e aplicar técnicas e estratégias para a identificação, avaliação e seleção da informação científica.) valorizar-se-á o trabalho autónomo e o trabalho em equipa. O objetivo 4 (Conhecer técnicas e aplicar softwares de armazenamento, gestão e apresentação da informação recuperada) será trabalhado em contexto de trabalho autónomo e em equipa. Para “compreender a importância da ética e do uso responsável da informação”, correspondendo ao objetivo 5, serão utilizados métodos de debate e trabalho de grupo, bem como análise e resolução de casos. Os métodos de trabalho individual e em grupo e a análise e discussão de casos serão aplicados com o fim de lograr o objetivos 6 (Saber como construir um texto científico…). Para alcançar o objetivo 7 serão desenvolvidos exercícios individuais e em grupo, bem como estratégias de relacionamento e comunicação interpares. Finalmente, para o objetivo 8 (Dominar a Língua Portuguesa como instrumento de cognição e utilizá-la eficazmente na interpretação de textos e na comunicação oral e escrita), recorrer-se-á às dinâmicas de grupo, ao debate, às competências de relacionamento interpessoal, às técnicas de gestão de conflitos, à avaliação por pares e a aulas invertidas.

competência genérica relevantedesenvolvida?avaliada?
Análise e sínteseSimSim
Aptidão para aplicação na prática dos conhecimentos teóricosSimSim
Capacidade crítica e de avaliaçãoSimSim
Capacidade de adaptação a novas situações  
Capacidade de auto-critica e de auto-avaliaçãoSimSim
Capacidade de decisão  
Capacidade de iniciativa e espírito empreendedor  
Capacidade de investigaçãoSimSim
Competência em informática e uso de novas tecnologiasSimSim
Competência em língua estrangeira  
Comportamento ético e responsávelSimSim
Comunicação oral e escritaSimSim
Conhecimento de outras culturas e costumes  
CriatividadeSimSim
Gestão da informação e da aprendizagemSimSim
Liderança  
Preocupação com a qualidadeSimSim
Relacionamento interpessoalSim 
Resolução de problemasSimSim
Saber organizar, planear e gerirSim 
Trabalho em contexto internacional  
Trabalho em equipaSimSim
Valorização da diversidade e da multiculturalidade  
Este website usa cookies para funcionar melhor e medir a performance (Diretiva da União Europeia 2009/136/EC)
Por favor dispense alguns minutos para responder a umas perguntas rápidas sobre o nosso website.