Como chegar
|
Contactos

Serviços Culturais, Educação e Lazer 2017/2018

  • 4 ECTS
  • Lecionada em Português
  • Avaliação Contínua

Objetivos

Identificar os conceitos de cultura, serviço cultural,educação e lazer; Compreender a importância do educador social nos serviços culturais; Descrever os serviços culturais em Portugal; Analisar a ação da animação nas questões de lazer nos serviços culturais; Reconhecer os serviços culturais como instrumentos educativos em diferentes perfis de público;  Delinear um plano de intervenção num serviço cultural com diferentes perfis de públicos.

Pré-Requisitos Recomendados

Não aplicável

Método de Ensino

Utilizar­se­ão metodologias participativas a par com metodologias expositivas para introdução de certos conceitos e temas. No âmbito das metodologias ativas podemos apontar a pesquisa bibliográfica em contexto de sala de aula, a leitura e comentário de textos e artigos de referência na matéria, a organização de trabalhos de grupo e trabalhos de campo para recolha de dados e visitas de estudo.  A avaliação é contínua e implicará três componentes:  ­ Teste de frequência (40% da nota final) ­ Trabalho de grupo (30% da nota final) ­ Relatório de visitas de estudo (30% da nota final).

Conteúdos Programáticos

1. Serviço cultural, educação e lazer como tal os conteúdos que abordam os conceitos de cultura, educação, lazer e serviços culturais; 2. Os serviços culturais e a sua aproximação à Educação e atividades de lazer; 3. O perfil do educador social e a abertura aos serviços culturais: Possibilidade de ação nos serviços culturais; 4. Os serviços culturais em Portugal e políticas estruturais da cultura; 5. A importância da animação no quotidiano dos diferentes grupos sociais; 6. Os diferentes públicos, os perfis e as suas necessidades, motivações e grau de satisfação com a oferta cultural; 7. A cultura como instrumento educativo de apoio aos diferentes perfis sociais: educação formal e não formal; 8. Possibilidade de intervenção socioeducativa através dos serviços culturais: plano de intervenção.

Bibliografia e Webgrafia Recomendada

Fortuna, Carlos & Silva, Augusto Santos (orgs.) (2002) Projecto e Circunstância. Culturas urbanas em Portugal.Porto: Afrontamento Lopes, João Teixeira (2000)A Cidade e a Cultura. Porto: Afrontamento  Lopes, João Teixeira (2003). Escola, Território e Políticas Culturais. Porto: Campo das Letras.  Lopes, João Teixeira (2002).Novas Questões de Sociologia Urbana..Porto:Afrontamento. Pinto, José Madureira (1995). "Intervenção cultural em espaços públicos" in Santos, Maria de Lourdes Lima dos (coord.). Cultura e Economia. Lisboa: Instituto de Ciências Sociais. .Surdi, A.C; Cunha, A.C.; Galvão, Z. & Grunennvaldt, J.T. (2013). Trabalho, tempo livre e lazer. O elogio à educação e a cultura. In atas 3º Congresso Internacional em Estudos Culturais ­ Ócio, Lazer e Tempo Livre nas Culturas Contemporâneas. 978­989­98219­0­3 http://hdl.handle.net/1822/23069

Bibliografia Complementar

http://www.culturanorte.pt/pagina,1,54.aspx Direcção de Serviços de Bens Culturais
http://www.coe.int/t/e/cultural_co-operation/education/Intercultural_education/_Intro.asp – Conselho da Europa.
http://unesdoc.unesco.org/images/0013/001375/137520e.pdf - UNESCO, Perspectives of multiculturalism.
http://www.edchange.org/ Educação Intercultural – Paul Gorski
http://www.acidi.gov.pt/ - Alto Comissariado para a Imigração e Diálogo Intercultural
http://www.oi.acidi.gov.pt/ - ACIDI - Observatório da Imigração
http://www.aedi2008.pt - Ano Europeu para o Diálogo Intercultural
http://www.apedi.net - Associação de Professores para a Educação Intercultural
www.europa.eu.int/comm/employment_social/fundamental_rights/index_fr.htm
http://www.acf.hhs.gov/index.html
http://www.ilo.org/ciaris/pages/portugue/index.htm
http://www.barefootcollege.org/
http://my.simmons.edu/services/technology/ptrc/pdf/designing_groupwork.pdf
http://www.salto-youth.net/diversity/

Planificação Semanal

Semana 1 (2h T + 1h TP)
Apresentação da unidade curricular: objetivos de aprendizagem, conteúdos curriculares a desenvolver ao longo do semestre; tipo de avaliação; bibliografia recomendada.
Serviço cultural, educação e lazer : debate sobre os conceitos de cultura, educação, lazer e serviços culturais.
Semana 2 (2h T + 1h TP)
Serviço cultural, educação e lazer : debate sobre os conceitos de cultura, educação, lazer e serviços culturais (conclusão).
Semana 3 (3h T)
Os serviços culturais e a sua aproximação à Educação e atividades de lazer.
Semana 4 (2h T + 1h TP)
Os serviços culturais e a sua aproximação à Educação e atividades de lazer (conclusão).
O perfil do educador social e a abertura aos serviços culturais: Possibilidade de ação nos serviços culturais.
Semana 5 (2h T + 1h TP)
O perfil do educador social e a abertura aos serviços culturais: Possibilidade de ação nos serviços culturais (conclusão).
Semana 6 (3h T)
Os serviços culturais em Portugal e políticas estruturais da cultura.
Semana 7 (1h TP + 2 h T)
Os serviços culturais em Portugal e políticas estruturais da cultura (conclusão).
A importância da animação no quotidiano dos diferentes grupos sociais.
Semana 8 (1h TP + 2 h T)
A importância da animação no quotidiano dos diferentes grupos sociais (conclusão).
Os diferentes públicos, os perfis e as suas necessidades, motivações e grau de satisfação com a oferta cultural.
Semana 9 (1h TP + 2 h T)
Os diferentes públicos, os perfis e as suas necessidades, motivações e grau de satisfação com a oferta cultural (conclusão).
A cultura como instrumento educativo de apoio aos diferentes perfis sociais: educação formal e não formal.
Semana 10 (1h TP + 2 h T)
A cultura como instrumento educativo de apoio aos diferentes perfis sociais: educação formal e não formal (conclusão).
Semana 11 (3h T)
Teste de avaliação.
Semana 12 (2h T + 1h TP)
Possibilidade de intervenção socioeducativa através dos serviços culturais: plano de intervenção.
Semana 13 (3 h TP)
Possibilidade de intervenção socioeducativa através dos serviços culturais: plano de intervenção.
Semana 14 (3h TP)
Possibilidade de intervenção socioeducativa através dos serviços culturais: plano de intervenção.
Semana 15 (3 h T)
Apresentação e discussão de trabalhos.
Encerramento da unidade curricular.

Coerência do programa para com os objetivos

Os conteúdos denotam congruência com os objetivos da UC. A rubrica programática número 1 remete para o primeiro dos objetivos, ou seja intenta­se, nesta rubrica, delimitar o conceito de serviço cultural, salientando as suas potencialidades educativas associadas ao lazer. Nas rubricas 2 e 3 dá­se consecução ao segundo objetivo. A rubrica 4 operacionaliza o terceiro objetivo relativo à descrição de vários tipos de serviços culturais do país, com um particular enfoque nos da região. Salientando a diversidade de públicos e de perfis de necessidades, salienta­se, no ponto 7, a importância da utilização dos serviços culturais como instrumento educativo de apoio a diferentes perfis sociais, etários e de acordo com modalidades mais formais ou informais de educação. Estas duas rubricas dão resposta aos objetivos 4 e 5, permitindo que, na sequência de tal exploração, os estudantes fiquem aptos a aplicar os seus conhecimentos, definindo um plano de intervenção num serviço cultural.

Coerência dos métodos de ensino para com os objetivos

As metodologias implementadas são congruentes com os objetivos. Nas primeiras rubricas de introdução à temática privilegiaremos os métodos expositivos e a leitura e análise de textos referenciados como fundamentais para a compreensão da matéria abordada. Relativamente ao ponto 4, exigimos dos alunos pesquisa em base de dados para traçarem uma panorâmica dos diversos tipos de serviços culturais existentes a nível nacional e com particular incidência na região norte do país. Para o ponto 5, solicitaremos como tarefa uma atividade de recolha de dados no terreno, recorrendo à forma de entrevista junto de públicos de diferentes faixas etárias e estratos sociais. As visitas programadas a serviços culturais dão consecução aos objetivos propostos para a unidade curricular e permitirão aos estudantes dimensionar a instrumentalidade educativa de apoio facultada por certos serviços públicos e recursos culturais da zona. Para a rubrica 8 privilegiaremos a atividade de trabalho em grupo. As diversa

competência genérica relevantedesenvolvida?avaliada?
Capacidade crítica e de avaliaçãoSimSim
Capacidade de investigaçãoSimSim
Comunicação oral e escritaSimSim
Saber organizar, planear e gerirSimSim
Trabalho em equipaSimSim
Este website usa cookies para funcionar melhor e medir a performance (Diretiva da União Europeia 2009/136/EC)
Por favor dispense alguns minutos para responder a umas perguntas rápidas sobre o nosso website.