Como chegar
|
Contactos

Teoria das Organizações 2017/2018

  • 4 ECTS
  • Lecionada em Português

Objetivos

1. Sistematizar de forma crítica a teoria das organizações;
2. Desenvolver as principais teorias e integra-las no contexto das organizações e alertar para a sua importância no desenvolvimento do conhecimento científico;
3. Conhecer os principais contributos teóricos subjacentes às teorias das organizações;
4. Avaliar as vantagens e inconvenientes das principais estruturas organizacionais, e selecionar a mais adequada a cada empresa;
5. Propor as atuações organizacionais em contextos turbulentos;
6. Justificar o funcionamento das organizações modernas;
7. Capacidade de aprendizagem, que impulsione um pensamento construtivista e adaptável a novas situações;
8. Capacidade de síntese e análise;
9. Capacidade de resolução de problemas;
10. Capacidade de trabalho autónomo;
11. Saber trabalhar em equipa e com pessoas de diferentes backgrounds;
12. Capacidade de comunicação oral e escrita.

Pré-Requisitos Recomendados

.

Método de Ensino

A UC é Teórico - Prática, dando particular relevo às atividades de pesquisa, organização e estudo conduzidas pelo aluno, e à realização de um trabalho de investigação teórico-prático. As aulas estão organizadas combinando duas técnicas de ensino complementares: (i) aulas de exposição e discussão (são apoiadas por slides e ainda por artigos e/ou capítulos de livros usados para motivar a discussão, bem como outro material de apoio disponibilizado através da plataforma E-conteúdos); (ii) aulas práticas e orientadas (são orientadas para a realização em grupo de um trabalho de investigação com caso prático escrito sobre uma teoria das organizações, apresentado e defendido por cada grupo de trabalho). A avaliação de conhecimentos integra três componentes: participação nas aulas e assiduidade; realização de um trabalho com aplicação prática em grupo; e prova individual. Cada uma destas três componentes é ponderada com pesos relativos de 10%, 30% e 60% respetivamente.

Conteúdos Programáticos

1. Introdução
1.1. Introdução à Teoria Geral da Administração
1.2. Os Primórdios da Administração

2. Teorias gerais do Pensamento administrativo
2.1. Abordagem Clássica
2.2. Abordagem Humanística
2.3. Abordagem Neoclássica
2.4. Abordagem Estruturalista
2.5. Abordagem Comportamental
2.6. Abordagem Sistémica
2.7. Abordagem Contingencial
2.8. Abordagem do Conhecimento

3. Teorias específicas das Ciências empresariais
3.1. Teoria do Ciclo de vida
3.2. Teoria dos Recursos e capacidades
3.3. Teoria dos Stakeholders
3.4. Teoria das Redes
3.5. Teoria da Agência
3.6. Teoria dos Custos de transação
3.7. Teoria Comportamental
3.8. Teoria Institucional
3.9. Teoria da organização industrial
3.10. Teoria evolucionista

Bibliografia e Webgrafia Recomendada

Argyris, C. (2004). Reasons and Rationalizations: The Limits to Organizational Knowledge. Oxford: Oxford University Press

Argyris, C. (1971). Management and Organizational Development: the Path from XA to YB. New York: McGraw-Hill.

Chiavenato, I. (2013). Teoria Geral da Administração Abordagens prescritivas e normativas - 7ª edição; Vol. I e II, Editora MANOLE.

Eriksson-Zetterquist, U.; Müllern, T. e Styhre, A. (2011). Organization Theory. A practice-based approach, Oxford University Press.

Gibson, J., Ivancevich, J., Donelly, J. & Konopaske, R. (2006). Organizations: Behaviour structure processes; twelfth Edition; McGraw-Hill.

Hatch, M. J. (2006). Organization Theory. Modern, symbolic, and postmodern perspectives, Oxford University Press.

Hodge, B.J., William, P. A., Lawrence M. G., (2002). Organization Theory: A Strategic Approach (6th Edition) 6th Edition.

Planificação Semanal

.

Coerência do programa para com os objetivos

O programa proposto pretende na sua globalidade refletir sobre as temáticas capacitando simultaneamente os estudantes com conhecimentos sólidos dos principais fundamentos teórico-práticos. O primeiro capítulo proporciona uma introdução às questões básicas da origem das teorias e pensamento da gestão. No segundo capítulo exploram-se os componentes essenciais que comportam a análise das principais teorias clássicas da gestão. Finalmente, no capítulo 3 aborda-se as teorias específicas e contemporâneas das ciências empresariais. Os alunos têm assim a oportunidade de identificar, conhecer e aplicar os princípios e fundamentos a diferentes realidades empresariais e ainda a oportunidade de desenvolverem investigação permitindo-lhes alargar os conhecimentos em novas áreas de investigação.

Coerência dos métodos de ensino para com os objetivos

A metodologia de ensino apresentada visa garantir o acompanhamento do aluno de forma coerente ao longo do processo de aprendizagem, de modo a que os vários grupos e cada um dos seus elementos adquiram uma maior independência, autonomia e autoconfiança na realização das tarefas. Relativamente à apresentação e discussão dos trabalhos, esta visa estimular a capacidade de intervenção e de comunicação dos alunos. Durante as aulas práticas orientadas, pretende-se que os alunos utilizem ferramentas de pesquisa avançadas e iniciá-los na pesquisa nos serviços e bases de dados bibliográficos disponibilizados online nas bibliotecas digitais. Esta abordagem permite confrontar os alunos com publicações de diversos níveis e rigor científico, fundamental e predominante neste 2º ciclo (e seguinte) de estudos. Por último, a prova individual tem por objetivo testar a aquisição dos conhecimentos nos principais tópicos do Programa.

competência genérica relevantedesenvolvida?avaliada?
Este website usa cookies para funcionar melhor e medir a performance (Diretiva da União Europeia 2009/136/EC)
Por favor dispense alguns minutos para responder a umas perguntas rápidas sobre o nosso website.