Como chegar
|
Contactos

Metodologia de Investigação 2 2016/2017

  • 6 ECTS
  • Lecionada em Português
  • Avaliação Contínua

Objetivos

Depois de concluída a unidade curricular, o/a aluno/a deverá ser capaz de:
• Identificar e apropriar-se do estilo e forma de escrita científica em psicologia;
• Aprofundar temas de investigação em psicologia clínica e da saúde;
• Reconhecer fatores que contribuem para a validade da investigação em psicologia clínica e da saúde;
• Refletir acerca das condições éticas para a investigação em psicologia clínica e da saúde;
• Conhecer a diversidade de métodos quantitativos, qualitativos e mistos existentes na investigação em psicologia;
• Conhecer e saber aplicar as opções metodológicas em estudos quantitativos, qualitativos e mistos;
• Conhecer diferentes planos de investigação e saber selecionar os melhores métodos de investigação de acordo com as questões de estudo levantadas na investigação;
• Desenvolver autonomia no planeamento e interpretação de investigação em psicologia.

Pré-Requisitos Recomendados

Recomenda-se o domínio de competências de Metodologia de Investigação 1.

Método de Ensino

Procurar-se-á uma conciliação entre metodologias expositivas e metodologias ativas e participativas. Os métodos expositivos suportar-se-ão em diapositivos ppt, na exploração de artigos científicos e capítulos e na exploração de bases de dados. Os métodos ativos baseiam-se na realização de atividades práticas, nomeadamente na reflexão e discussão da qualidade e aplicabilidade dos diferentes métodos de investigação a diferentes projetos de investigação. Estas atividades práticas procurarão a resolução ativa de problemas de investigação em psicologia, nomeadamente o planeamento de estudos em psicologia clínica e da saúde. Os/as alunos/as serão estimulados/as a apresentar e discutir criticamente métodos e resultados de investigação, apresentando para o efeito trabalhos individuais e em pequeno grupo. Cada aluno desenvolverá um projeto de investigação, fundamentando teoricamente a sua questão de investigação e as suas opções metodológicas.

Conteúdos Programáticos

1. O relatório de investigação em psicologia - recomendações de escrita científica.
2. Levantamento de questões de investigação em psicologia clínica e da saúde: temas de investigação.
3. Objetivos da investigação em psicologia: posicionamentos do/a investigador/a e questões de investigação
4. Validade da investigação em psicologia clínica e da saúde
5. Considerações éticas na investigação em psicologia clínica e da saúde;
6. Desenhos de investigação quantitativa
6.1 Desenhos experimentais e quase-experimentais
6.2 Análise de dados correlacionais
6.3 Modelação de relações entre variáveis.
6.4 Análises de classes
6.5 Meta-análise.
7. Desenhos de investigação qualitativa
7.1 Observação e investigação-ação.
7.2 Entrevistas e focus group.
7.3 Análise temática, análise de discurso e grounded theory.
8. Métodos mistos de investigação em psicologia

Bibliografia e Webgrafia Recomendada

American Psychological Association (2009). Publication manual of the American Psychological Association (6th ed.). Washington, DC: American Psychological Association.
Almeida, L. S. & Freire, T. (2010). Metodologia da investigação em psicologia e educação (5ª edição). Braga: Psiquilíbrios.
Creswell, J. W. (2009). Research design: Qualitative, quantitative, and mixed methods approaches (3rd ed.). Thousand Oaks, CA: Sage.
Field, A. (2009). Discovering statistics using SPSS (3rd ed.). London: Sage Publications Ltd.
Howittt, D., & Cramer, D. (2011). Introduction to research methods in psychology (3rd. ed.). Harlow, England: Pearson Education Limited.
Kline, T. J. B. (2005). Psychological testing: A practical approach to design and evaluation. Thousand Oaks, CA: Sage Publications.
Pasquali, L. (2003). Psicometria: teoria dos testes na psicologia e na educação. Petrópolis: Editora Vozes.

Bibliografia Complementar

Bryman, A. (2008). Social research methods. Oxford: Oxford University Press.
Coutinho, C. P. (2011). Metodologia de investigação em ciências sociais e humanas: Teoria e prática. Coimbra: Livraria Almedina.
Forrester, M. (Ed.) (2010). Doing qualitative research: A pratical guide.. Thousand Oaks, CA: Sage Publications.
Marôco, J. (2014). Análise estatística com o SPSS Statistics (6ª ed.). Pêro Pinheiro: Report Number.
Martins, C. (2011). Manual de análise de dados quantitativos com recurso ao IBM SPSS: Saber decidir, fazer, interpretar e redigir. Braga: Psiquilíbrios.
Tabachnick, B. G., & Fidell, L. S. (2007). Using multivariate statistics (5th ed.). Boston: Allyn and Bacon.
Torres, L. L., & Palhares, J. A. (2014). Metodologia de investigação em ciências sociais da educação. Vila Nova de Famalicão: Edições Húmus
Wilkinson, D. & Birmingham, P. (2003). Using research instruments: A guide for researchers. London: Routledge.

Planificação Semanal

Semana 1: Apresentação da UC – objetivos, métodos de ensino e avaliação, e resultados esperados. A escrita do artigo científico em psicologia: recomendações.
Semana 2: Temas de investigação em psicologia clínica e da saúde
Semana 3: Temas de investigação em psicologia clínica e da saúde. Apresentações dos trabalhos grupo.
Semana 4: Objetivos da investigação em psicologia: posicionamentos do/a investigador/a e questões de investigação. Validade da investigação em psicologia clínica e da saúde.
Semana 5: Considerações éticas na investigação em psicologia clínica e da saúde. Desenhos de investigação quantitativa: Desenhos experimentais e quase-experimentais.
Semana 6: Desenhos de investigação quantitativa: Desenhos experimentais e quase-experimentais; Análise de dados correlacionais.
Semana 7: Desenhos de investigação quantitativa: Análise de dados correlacionais; modelação de relações entre variáveis. OT
Semana 8: Análises de classes. Desenho da meta-análise. OT.
Semana 9: Desenhos de investigação qualitativa: observação e investigação-ação.
Semana 10: Desenhos de investigação qualitativa: recolha de dados com entrevistas e focus group.
Semana 11: Desenhos de investigação qualitativa: análise temática, análise de discurso e grounded theory.
Semana 12: Métodos mistos de investigação em psicologia.
Semana 13: Teste escrito. Orientação tutorial dos trabalhos individuais.
Semana 14: Orientação tutorial dos trabalhos individuais.
Semana 15: Apresentação dos trabalhos individuais.

Coerência do programa para com os objetivos

De modo a proporcionar aos alunos/as a aquisição de competências de seleção e utilização de diferentes metodologias de investigação em psicologia, os conteúdos programáticos incluem uma diversidade de métodos quantitativos, qualitativos e mistos. De modo a que os/as alunos/as associem diferentes métodos à resposta a diferentes questões de investigação, os conteúdos programáticos incluem a análise e reflexão crítica acerca de relatórios de investigação (sob a forma de artigos científicos), nomeadamente da secção do método e resultados. De modo a desenvolver competências de planeamento de investigação em psicologia, conteúdos programáticos incluem a exploração e redação das secções de método e resultados em artigos científicos, reflectindo simultaneamente acerca da validade da investigação e condições éticas na implementação dos estudos.

Coerência dos métodos de ensino para com os objetivos

A utilização de métodos expositivos permite a transmissão e análise de novos conteúdos relativamente às metodologias quantitativas, qualitativas e mistas de investigação em psicologia. Estes métodos apoiam a aquisição de conhecimentos avançados no domínio, por parte dos/as alunos/as. O recurso a metodologias que impliquem a participação ativa dos/as alunos/as faz-se através da análise e interpretação de secções de métodos e resultados de relatórios de investigação, bem como da resolução de problemas aplicados à investigação, nomeadamente no planeamento de investigação e avaliação crítica dos instrumentos e procedimentos de recolha de dados. A realização de trabalhos individuais e em grupo contribuirá para a aquisição de competências de planeamento de investigação e de análise crítica e utilização de resultados de investigação em temas variados da psicologia clínica e da saúde. A conjugação destas diferentes metodologias permitirá, deste modo, a prossecução dos objetivos propostos para a Unidade Curricular.

competência genérica relevantedesenvolvida?avaliada?
Análise e sínteseSimSim
Aptidão para aplicação na prática dos conhecimentos teóricosSimSim
Capacidade crítica e de avaliaçãoSimSim
Capacidade de adaptação a novas situaçõesSimSim
Capacidade de auto-critica e de auto-avaliaçãoSimSim
Capacidade de decisãoSimSim
Capacidade de iniciativa e espírito empreendedorSim 
Capacidade de investigaçãoSimSim
Capacidade negocialSim 
Competência em informática e uso de novas tecnologiasSimSim
Competência em língua estrangeiraSim 
Comportamento ético e responsávelSimSim
Comunicação oral e escritaSimSim
Conhecimento de outras culturas e costumes  
CriatividadeSimSim
Gestão da informação e da aprendizagemSimSim
LiderançaSim 
Preocupação com a eficáciaSimSim
Preocupação com a qualidadeSimSim
Relacionamento interpessoalSimSim
Resolução de problemasSimSim
Saber organizar, planear e gerirSimSim
Trabalho em contexto internacionalSim 
Trabalho em equipaSimSim
Valorização da diversidade e da multiculturalidadeSim 
Este website usa cookies para funcionar melhor e medir a performance (Diretiva da União Europeia 2009/136/EC)
Por favor dispense alguns minutos para responder a umas perguntas rápidas sobre o nosso website.